Categorias: Análises

[Análise] Capcom Beat’em Up Bundle: Vale a Pena?

Para aqueles que gostam do gênero, um prato cheio, com certeza.

Se você, assim como eu, cresceu jogando Final Fight, Streets of Rage, Capitão Commando, e tantos outros do gênero, vai ficar extasiado com Capcom Beat’em Up Bundle. O título reúne sete dos grandes jogos do gênero, que lotavam fliperamas e eram motivo do desaparecimento constante do troco do pão.

Jogando um cavaleiro, um capitão espacial, ou mesmo um prefeito bombado, o título traz diversão na medida certa para os mais saudosistas. Cada um dos jogos foi trazido de forma intacta, em suas versões japonesa e americana. Além disso, existem diversas opções, como alterar a dificuldade, remapeamento de botões, e a funcionalidade turbo.

Então, ponha aí sua ficha, e caia na porrada!

Um prato cheio

Capcom Beat ‘Em Up Bundle traz sete diferentes jogos do estilo.. São eles Final Fight, Captain Commando, The King of Dragons, Knights of the Round e Warriors of Fate, Armored Warriors e Battle Circuit. Estes dois últimos nunca lançados para consoles, trazendo, assim, a oportunidade dos mais nostálgicos de experimenta-los.

Sete jogos, inúmeras horas de diversão. Fonte: Capcom Beat’em Up Bundle

Todos os jogos estão em sua versão original emulada. Não espere por gráficos aprimorados, trilha sonora remasterizada, ou coisa do gênero. Os personagens são duros de se movimentar, e os inimigos são genéricos e multicoloridos. Mas a sensação de sair “baixando o cacete” nos meliantes, monstros e cavaleiros ainda permanece a mesma.

O mais legal é que a jogabilidade pode ser totalmente personalizada. Função turbo, dificuldade mais moderada, mapeamento dos botões, enfim. Todas estas opões podem ser modificadas, conforme a necessidade e gosto do jogador.

Capcom Beat’em Up Bundle – o original como era antes

Como já dito acima, o título está em sua forma bruta e pura. Isso quer dizer que os jogos foram trazidos exatamente em suas versões originais, sem melhorias ou modificações. A jogabilidade permanece inalterada. Você escolhe um personagem entre os selecionáveis, e precisa atravessar fases, derrotar e inimigos e deitar o chefe do estágio na porrada.

Para jogos tão datados, seria normal sentir controles travados, ou algo do gênero. Surpreendentemente, estes respondem perfeitamente aos comandos. Não existe lag ou qualquer outro problema. Com comandos bem simples, a única dificuldade fica mesmo na movimentação dos personagens.

A trilha sonora saudosista também permanece inalterada. As músicas-tema dos jogos em questão trará aquela sensação de nostalgia. Os efeitos sonoros estão como antes, assim como os gráficos, no melhor estilo pixelado.

Vê aquela moça de cabelo vermelho ali? É uma cilada. Fonte: Capcom Beat’em Up Bundle

Por fim, todos os jogos vieram com suporte a multijogador, tanto online quanto local. Alguns deles permitem até mais de dois jogadores, o que torna o gameplay extremamente frenético e divertido. Esta é, sem dúvida, a melhor das características do jogo.

Vale ou não vale?

Muito se falou sobre o valor nostálgico do título. Capcom Beat’em Up Bundle certamente foi feito para os fãs mais saudosistas. Isso tem uma razão de ser. Uma vez que o conjunto da obra é exatamente o original, os jogadores mais jovens podem torcer o nariz, em um primeiro momento, à proposta do título.

Mas não se engane. Permita-se dar uma chance a estes jogos. São divertidos, empolgantes e, para se divertir com amigos, seja em casa ou online, é uma pedida perfeita. Além disso, o jogo conta ainda com uma galeria de artes conceituais, e uma lista de troféus simples, apesar de não ter o troféu de platina desejado pelos caçadores.

Capcom Beat’em Up Bundle, apesar de não ser a coletânea mais elaborada da Capcom (vide Mega Man X Legacy Collection e todos os seus extras), é uma boa pedida, e com certeza merece ser recomendada.

Fica aqui uma última questão: CAPCOM, CADÊ CADILLACS N’ DINOSAURS?

Disqus Comments Loading...
Compartilhar