Ainda que existam outros jogos do estilo para PlayStation 4, a série DiRT larga na pole, faz uma corrida perfeita e chega sempre em primeiro em basicamente todos os jogos. DiRT Rally 2.0 não é exceção à regra.

Não espere por coisas fáceis aqui. O primeiro título não era um jogo para amadores, e a sua sequência é tão desafiadora quanto. Prepare-se para perder muitas corridas e ver seu carro se transformar em uma pilha de metal retorcido antes de começar a vencer as corridas.

Um jogo com o padrão de qualidade que os mais ávidos fãs esperam.

E foi dada a largada!

DiRT Rally 2.0 possui diversos modos de jogo. O principal deles, que funciona como um “modo carreira”, é o Minha Equipe. Ali é possível comprar novos carros (com mudanças de disponibilidade de tempos em tempos), melhorar e contratar novos engenheiros.

Já os eventos estão divididos entre as carreiras de Rally e Rallycross, e eventos semanais e diários. Aqui é onde o jogador deverá passar a maior parte de seu tempo, gerenciando recursos e competindo para se tornar o campeão de cada carreira.

Em Minha Equipe é possível ainda melhorar o desempenho dos veículos, com aprimoramentos sendo liberados à medida em que se corre com eles. Estes podem ser modificados, conforme o tipo pista e tamanho de prova, a critério do jogador, para melhor desempenho nas competições.

Já o Jogo Livre é o modo com maiores opções. Aqui é possível competir em séries históricas, com carros dos anos áureos de 1970/80/90, competir contra o tempo (para testar novos veículos), criar campeonatos personalizados e mais.

No jogo livre você pode criar campeonatos personalizados para se divertir a seu gosto. Fonte: Dirt Rally 2.0

A cereja do bolo fica por conta do campeonato mundial de Rallycross, licenciado da FIA. Oito pistas oficiais estão disponíveis, cada uma recriada conforme sua contraparte no mundo real.

Em termos de conteúdo, nota-se que o título não impressiona tanto. A falta de um multiplayer efetivo ou ainda a necessidade de conexão com a internet para acessar o Minha Equipe pode não agradar a todos. Mas ainda assim, a qualidade aqui se sobressai.

Uma (Quase) Perfeição Técnica

Se tem algo da qual a Codemasters geralmente pode se gabar em seus jogos é a qualidade técnica. De modelos de veículos às pistas, tudo no título beira o realismo. A começar pela localização.

O jogo é totalmente localizado para nosso idioma, incluindo até mesmo os co-pilotos, termos técnicos usados e tudo mais. Houve um cuidado da desenvolvedora neste aspecto e ele merece ser reconhecido.

Você pode personalizar todos os parâmetros do jogo para nosso idioma. O que vem bastante a calhar. Fonte: Dirt Rally 2.0

Além disso, os modelos dos carros são recriados de forma bastante realista com pistas cheias de detalhes minuciosos. Efeitos como partículas, texturas, a lama grudando na lataria do veículo, tudo isso é elaborado com uma atenção a detalhes perfeccionista.

Um dos exemplos desse cuidado é o sistema de danos dos veículos. Se seu carro possui avarias, digamos, nos faróis, e você não os conserta, a próxima corrida noturna vai cobrar o seu preço, porque você estará completamente no escuro.

Correr sem faróis é completamente desaconselhável. Fonte: Dirt Rally 2.0

A sonoplastia do jogo é algo sublime. Os efeitos sonoros dos veículos, batidas e corridas é fenomenal, quase realista. E o mais legal é ver como isso afeta o ambiente ao redor. Por exemplo: se o capô do carro saltar, o som do motor ficará mais alto e será mais difícil ouvir seu navegador.

Seja na chuva ou sol, barro ou poeira, a qualidade gráfica do jogo se destaca. Fonte: Dirt Rally 2.0

Esse nível de detalhes, de cuidado, é o que destaca DiRT Rally 2.0 de tantos outros jogos de corrida.

Acostume-se com a dificuldade

DiRT Rally 2.0 não é um jogo fácil. Mas o quão difícil ele pode ser só é visto ao sentar-se atrás do volante. É necessário braços firmes e atenção total nas corridas, que por vezes duram mais de 10 minutos, e onde um erro é o suficiente para a derrota.

Não há o conhecido sistema de “rewind”, já comum nos jogos da desenvolvedora. Então, é sempre necessário ficar atento aos comandos do navegador e nos obstáculos das pistas. Especialmente quando se considera que a manobrabilidade é extremamente realista aqui.

Preste sempre atenção aos comandos do navegador. Eles são de suma importância. Fonte: Dirt Rally 2.0

Também não há muitos tutoriais e as assistências já vem desligadas por padrão. O que acaba sendo bom, visto que isso força o jogador a evoluir e melhorar constantemente. A sensação de conquistar a primeira vitória depois de tanto sofrer é indescritível.

Além do mais, gerenciar melhorias é algo que o jogador deve aprender. Estas incrementam o desempenho, ao custo da durabilidade. Ou seja: balancear o custo/benefício de se ter um carro mais resistente, ou mais eficiente, durante as provas.

Todas as opções tem efeitos que podem impactar positiva ou negativamente seu veículo, de acordo com a pista e habilidade do jogador. Fonte: Dirt Rally 2.0

E ainda há a questão da tunagem dos veículos. Cambagem, suspensão, potência dos freios, tudo pode ser alterado, para ajudar na máxima eficiência do bólido nas pistas.

O jogo não é injusto, mas desafiador. Você perde porque é ruim. Você ganha porque ficou melhor.

O motorista é você

Independente de fatores como regulagem dos veículos ou habilidades do piloto, o jogo não seria tão bom se os controles não fossem responsivos. Felizmente, DiRT Rally 2.0 se excede neste quesito também.

Esta análise foi feita com um volante G29+Cambio manual, e um DualShock 4 simples. Em ambos, o que se viu foi um título que exige bastante habilidade do piloto, com uma pegada bastante realista e precisa nos controles.

Como o título não possui a opção de “percurso ideal”, sinalizando onde frear ou acelerar, cabe somente a você achar os pontos certos, ou sair voando em uma ribanceira/dar de cara em um barranco. As dicas e direções do navegador também são essenciais.

É Dirt! É Dirt! É Dirt Rally 2.0!!!

DiRT Rally 2.0 se sagra como um dos bons jogos de corrida desta geração. Desafiador, com gráficos e audiovisual formidáveis, controles preciso, e uma boa quantidade de conteúdo, o novo título da Codemasters fica devendo muito pouco.

A localização em nosso idioma é excelente. Controles precisos e dificuldade elevada completam o pacote, que pouco tem contra si, como a falta de um multiplayer local, ou algo mais robusto neste sentido, bem como um conteúdo que poderia ser maior.

Além disso, o jogo sofre com alguns travamentos, que vez ou outra o mandarão de volta para a tela inicial. Esta situação aparentemente vem sendo endereçada pela desenvolvedora, que já lançou alguns patches de correção.

DiRT Rally 2.0 faz o melhor tempo, a pole, e chega em primeiro com grande estilo.

Avaliação
Geral
8.2