Jogos exclusivamente multiplayer ainda dividem as opiniões. Um título voltado inteiramente para a interação entre os jogadores possui o único objetivo de apresentar uma proposta divertida, mas que não perde seu senso competitivo.  Sem uma história a ser narrada, é preciso um sistema equilibrado de jogabilidade com doses acertadas de emoção de desafios.

Curiosamente, Guns of Icarus Alliance consegue executar de forma digna tal proposta. Mesmo sendo uma produção independente, o título apresenta uma temática de combates entre aeronaves em formatos de navios com a interação entre a tripulação a fim de vencer as divertidas batalhas.

Piloto, engenheiro, atirador

A primeira característica agradável de Guns of Icarus Alliance é a facilidade das classes. Tratam-se de três: piloto, engenheiro e atirador. Como o próprio nome exemplifica, cada um é responsável por uma função dentro do navio. O jogo não impede que o engenheiro assuma o controle da movimentação do navio, por exemplo, mas as habilidades especiais dele são bloqueadas por não estar dentro da sua função respeitada.

É assim então que Guns of Icarus Alliance mostra sua verdadeira essência, a necessidade de comunicação e interação. Além das mensagens rápidas disponíveis, os jogadores têm acesso ao chat e acreditem, é de uso imprescindível. Os atiradores possuem apenas certo grau de angulação da arma e é necessário que o piloto posicione corretamente o navio para acertar os alvos. Os engenheiros precisam comunicar onde a nave sofre mais danos. Os pilotos indicar o posicionamento da tripulação.

Fonte: captura de tela.

Mesmo que as mensagens rápidas sirvam como opções básicas, a comunicação verbal ainda é essencial. E como o jogo conta com cross-play com PC, é bem fácil “cair” em times com estrangeiros. Por isso, é importante saber se expressar em inglês. Obviamente, não é necessário, mas é um adendo divertido.

Ataque e defenda

O jogo desenvolvido pela Muse Games possui dois modos de jogos, PvP e PvE. Cada um deles possui objetivos específicos, sendo que o jogador contra jogador apresenta o bom e velho “o último a sobreviver ganhar”. Já o PvE, objetivos secundários podem ser completados para ganhar melhores recompensas para a customização da sua nave e personagem.

A inteligência artificial do game, ainda, propõem missões mais desafiadoras conforme a progressão do jogador. Uma vez que a vitória é conquistada, naves inimigas diagnosticam sua evolução para tornar os próximos objetivos cada vez mais difíceis de serem cumpridos.

Fonte: captura de tela.

A dificuldade do jogo não chega a ser exacerbada, quando joga-se em conjunto. No entanto, se o jogador depender dos “bots” em sua tripulação, poderá frustrar-se um pouco pela falta de inteligência e pró-atividade na manutenção da nave. Uma vez que será preciso depender de ações coordenadas da própria máquina.

Enquanto que no modo PvP, o sistema de matchmaking apresentou problemas durante momentos da análise. Em muitos momentos, não encontrou-se uma partida para jogo. Quando encontrou, o jogo aconteceu normalmente e não apresentou problemas de instabilidade.

Mesmo sem competidor, é possível começar o jogo sozinho. Fonte: captura de tela.

Isso é tudo, pessoal

Talvez esta seja a grande dificuldade em introduzir um jogo multijogador exclusivo: são poucas as ofertas disponíveis dentro do game. Existem as personalizações da nave, do personagem, de fato, porém aquilo que é jogável somente os citados anteriormente.

Existe, ainda, um sistema de dominação mundial semelhante às facções de For Honor, onde os jogadores representantes de cada facção dominam o mundo conforme suas vitórias. Em Guns of Icarus Alliance existe algo parecido, onde os jogadores selecionam defender territórios específicos ou atacar outros para aumentar a influência na região e receber recompensas. No entanto, a conquista acontece pelo PvP, jogadores de uma categoria lutando contra outros.

Fonte: captura de tela.

Guns of Icarus Alliance foi projetado para oferecer uma diversão alternativa e competitiva dentro de um universo inédito. 

Um jogo projetado para interação entre os jogadores ao longo das partidas. Recomendado para os grupos de amigos que querem participar, com até 4 na mesma sessão, de partidas cooperativas e enfrentar outros jogadores. Divertido e desafiador na porção ideal, mas que pode sofrer pela escassez de ofertas dentro do próprio jogo se o jogador buscar por novidades constantes.

Avaliação
Geral
7.0