Ao ser anunciado lá em 2015, Horizon Chase Turbo trouxe à tona aquela criança que há muito havia se escondido. O título da desenvolvedora brasileira Aquiris Game Studio pega o que há de mais notável em jogos que fizeram a história de muitos gamers no país, como Top Gear, Lotus Challenge, Outrun e outros.

Estas características são habilmente implementadas em um jogo que consegue resgatar este sentimento nostálgico, ao mesmo tempo em que se mantém atual o suficiente para angariar novos jogadores. Não a toa, possui uma respeitável nota no agregador Metacritic, e é extremamente elogiado por jogadores do mundo todo.

Agora, os felizes detentores do PlayStation 4 podem conferir de perto a obra, feita por jogadores, para jogadores. Um título que peca em poucos aspectos. Aperte seus cintos, e prepare-se para a viagem em busca do horizonte!

A volta ao mundo em Horizon Chase Turbo

O título possui três modos de jogo. Volta ao Mundo, onde o jogador compete em pistas e localidades específicas, enquanto adquire melhorias e destrava veículos novos. O modo Torneio coloca o jogador para disputar corridas em sequência, sem a possibilidade de reinício, em cada uma das localidades do título.

Por último, o modo Resistência, onde o jogador precisa vencer determinadas pistas em sequência aleatória. Caso ele fique em 5o. lugar ou mais, perde o desafio e precisa começar novamente. Por outro lado, este modo somente é aberto ao terminar o modo Volta ao mundo, ou o Torneio no modo mais difícil.

Horizon Chase Turbo: Vale a Pena? 1
À medida que o jogador avança, ele pode desbloquear melhorias, para facilitar um pouco mais sua vida nas pistas. Fonte: Horizon Chase Turbo

Horizon Chase Turbo é bastante desafiador, mas na medida certa. Por outro lado, o título não é maçante. Pelo contrário: a cada nova conquista, a cada novo desafio transposto, o jogador sente que está, de fato, fazendo progresso, e melhorando gradativamente.

Ademais, são 31 veículos a desbloquear. Cada um baseado em um carro real, contando com modelos famosos e conhecidos, e nomes que remetem às suas respectivas referências, apesar de seus nomes estarem alterados no título. Veja a galeria abaixo alguns exemplos.

Ambientação bacana do jogo

São 109 pistas no título, dividas em diversas localidades. O jogador irá correr no árido deserto do Atacama, passear pelas orlas de Salvador, ou ainda correr pelas iluminadas ruas de São Francisco. Cada uma das pistas possui sua própria temática, baseada na dita localidade.

Horizon Chase Turbo: Vale a Pena? 5
Aprecie as praias do Rio de Janeiro. Só não vá se molhar. Fonte: Horizon Chase Turbo

Um destaque especial fica por conta das paisagens que aparecem no horizonte. Assim como os famosos jogos de tempos áureos, você não conseguirá chegar lá. Mas a maneira como ela se comporta, e como ela é construída, é de encher os olhos.

Horizon Chase Turbo possui, ainda, um recurso muito interessante. Durante determinadas corridas, será possível ver a passagem de tempo de forma automática (veja abaixo). Não é possível configurar essa opção. Mas ainda assim, é um recurso bacana, que alguns dos grandes jogos não possui (Gran Turismo Sport, estamos falando de você).

Há ainda as corridas em diversos climas distintos, como chuva e neve. Os gráficos se mostram bastante atualizados, mas ressaltam as origens do título. A sensação de velocidade é igualmente feroz, fazendo com que o jogador seja realmente sugado para a proposta do jogo. Ponto para a Aquiris!

Horizon Chase Turbo: Vale a Pena? 9
Na neve ou na chuva, o desafio é sempre grande. Fonte: Horizon Chase Turbo

Com o controle nas mãos

Mas é na jogabilidade que Horizon Chase Turbo brilha de verdade. Afinal, para um jogo de corridas na proposta em que se apresenta, esta precisa ser precisa e não apresentar problemas. E nisso, o jogo da Aquiris se destaca, com controles responsivos e comportamento “realista” dos veículos.

Cada carro possui características diferenciadas, como aceleração, velocidade final, controle e consumo de combustível, por exemplo. A princípio, o jogador pode pensar que tais fatores não influenciam em seu desempenho nas corridas. Isso até é verdade nas primeiras provas. Mas logo se vê que eles devem ser levados sempre em consideração.

Pistas mais sinuosas são melhor abordadas com carros com maior controle e aceleração. Do mesmo modo, carros com maior velocidade final e poder de turbo se dão melhor em pistas mais retas. E logo o jogador percebe que isso é a chave da vitória, quando vencer passa a ser adotar a melhor estratégia, não apenas ser o mais rápido.

Horizon Chase Turbo: Vale a Pena? 10
Pistas como esta, no Chile, são melhor abordadas com veículos com maior velocidade. Fonte: Horizon Chase Turbo

O jogo é desafiador. Existem inúmeros desafios, como conquistar os Super Troféus das pistas (vencer e coletar todas as moedas azuis) para desbloquear os veículos. Além disso, há ainda a possibilidade de correr contra seu fantasma, para melhorar seu tempo. Tem sempre algo novo a se fazer no jogo, e isso é excelente.

Uma Salva de Palmas a Barry Leitch

Muitos podem desconhecer este nome. Mesmo aqueles jogadores mais antigos. Barry Leitch é um compositor escocês, com diversos trabalhos na indústria dos videogames. Seus mais conhecidos são justamente aqueles que serviram de inspiração para Horizon Chase Turbo, como Top Gear, Rush 2 e Lotus Challenge.

O seu trabalho neste título mostrou que suas habilidades e talento envelheceram com o tempo. As músicas resgatam um sentimento de nostalgia puro, ao mesmo tempo em que mantém o título atualizado com sua proposta. Cada uma delas se casa com maestria nos estágios aos quais são temas.

Se ouvir com atenção, poderá escutar trechos dos temas famosos nas músicas do jogo. E se você, assim como eu, envelheceu ao bom e velho som da música tema da primeira corrida de Top Gear, prepare seu coração ao jogar, pela primeira vez, o estágio de Santiago, no Chile.

Barry Leitch, nós te amamos, cara.

E quanto à sonoplastia do título, esta também está de parabéns. Os diversos sons da corrida, batidas, a aceleração singular de cada um dos carros. Tudo se destaca de forma magistral. O jogador é capaz de distinguir os sons diferentes ao andar por terrenos diferentes, e isso é um diferencial que merece ser comentado.

Ao horizonte e além

Horizon Chase Turbo casa tudo o que um jogo de corrida, com essa proposta, deve ter. Uma jogabilidade refinada e precisa. Gráficos atualizados, retendo aquele feeling de jogos da velha guarda. Uma trilha sonora pra lá de fantástica, com muitas referências ao primeiro Top Gear, mas mantendo sua originalidade.

Horizon Chase Turbo: Vale a Pena? 11

Em resumo, é um daqueles jogos que você não espera, mas agora sua compra é quase obrigatória. Aquele tipo de jogo que possui vasto conteúdo, e dificuldade na medida, para instigar aqueles ansiosos por um desafio. Além disso, o multiplayer local (para até quatro jogadores), e os modos de jogo diferenciados agregam muito valor ao título.

Soma-se isso a uma lista de troféus que exige, literalmente, 100% do jogo completos, e os mais ávidos caçadores se sentirão em um banquete. Alguns deles possuem requerimentos que, certamente, levarão muitas horas para completar.

Enfim, Horizon Chase Turbo é, nesta geração atual, um título diferenciado, que faz jus à alcunha de ser o melhor jogo brasileiro da atualidade. Seus únicos problemas são a falta de personalização dos veículos e, talvez, um modo online. Este último até ignorável dada a proposta saudosista do título.

Este é, sem sombra de dúvidas, o melhor jogo brasileiro do PlayStation 4 até então.

Avaliação
Geral
9.0