Você já viu aqui que revisão o headset HyperX Cloud Stinger, um ótimo produto da marca, mesmo sendo uma opção de entrada, destinada aos jogadores que querem aliar qualidade com investimentos mais contidos.

Agora chegou a hora de conferirmos um outro modelo da empresa, dessa vez uma opção premium, indicada para os jogadores que prezam, essencialmente, pela qualidade sonora, acabamento e outros recursos. Estamos falando do HyperX Revolver S.

Especificações

Antes de começarmos a falar sobre o headset em si, é importante termos em mente suas características técnicas. Elas serão nossas balizas para a análise.

Vamos lá:

Fone de ouvido
  • Driver: dinâmico, 50 mm com imãs de neodímio
  • Tipo: circumaural, fechado
  • Resposta de frequência: 12Hz–28.000 Hz
  • Impedância: 30 Ω
  • Nível de pressão sonora: 100,5dBSPL/mW a 1kHz
  • T.H.D.: < 2%
  • Potência de entrada classificação: 30mW, máxima 500mW
  • Comprimento do cabo:  headset: 1 m / caixa de controle de áudio: 2,2 m / cabo de extensão para PC: 2 m
  • Tipo de conexão headset: Plugue de 3,5 mm (4 polos) / caixa de controle de áudio: USB /cabo de extensão para PC: estéreo de 3,5 mm e plugues de microfone
Microfone
  • Elemento: microfone condensador electret
  • Padrão: polar unidirecional, anulação de ruído
  • Resposta de frequência: 50 Hz–18.000 Hz
  • Sensibilidade: -40 dBV (0 dB=1 V/Pa,1k Hz)

Design Robusto

O fone de ouvidos impressiona em uma primeira olhadela e consegue manter as boas impressões iniciais ao longo de todo tempo. O que realmente é muito bom. Geralmente, ao conhecermos as entranhas de um produto, vamos descobrindo defeitos ou mesmo falta de ajustes que somente um uso constante poderia apontar. Não é o caso aqui. Revolver S conseguiu manter de qualidade.

O que chama atenção de imediato é seu robusto e belo design. Não é extravagante e possui linhas harmônicas que combinam com a arquitetura de todo conjunto. Destaque para conchas. Grandes e muito confortáveis.

Outro ponto positivo são as espumas. A HyperX as nomeia de “espumas de memória“.  Elas são flexíveis e se ajustam ao tamanho das orelhas. Devido a baixa resiliência, conforme o uso constante, ela ‘memoriza‘ a anatomia do jogador. Com isso, cria-se uma espécie de personalização.

O fone também é ajustável. Com uma estrutura metalizada, fixa, e uma parte móvel, o ajuste é quase que orgânico. O usuário não precisa ficar desregulando ou ajustando partes. Esta parte móvel se adequa sozinha. Tudo prático.

Todo conjunto não pesa muito. São 360 gramas bem distribuídas.

Qualidade Sonora

O propósito de todo headset é oferecer um melhor desempenho em áudio. E isto o Revolver S faz com muita qualidade.

Com auto-falantes potentes, potencializados pela tecnologia Dolby Surround 7.1,  o equipamento impressiona muito neste quesito em especial. Sons límpidos, claros e poderosos reforçam a imersão das partidas.

Jogando Battlefield 1- jogo usado para testes – por exemplo, é possível perceber nitidamente os passos dos adversários, podendo se preparar para um possível confronto.

Em outros jogos, como Carros 3: Correndo Para Vencer – outro jogo que serviu para os testes – é possível ouvir outros áudios quase ocultos. Amplificando, mais uma vez, a experiência de jogabilidade.

E apesar da configuração padrão já oferecer um balanceamento robusto, existe a possibilidade de plugá-lo através do USB e usar a caixa de controle. Ela permite a seleção de ajustes, regularizar os níveis do microfone e saída de áudio.

E o conjunto se completa com um microfone também muito vigoroso. Ele conta com sistema de cancelamento de ruídos que auxilia enormemente na comunicação. Com isso, sua voz sai límpida e sem interferências para os jogadores do outro lado.

Plugar e Jogar

Uma das vantagens do periférico é sua facilidade de uso. Basta plugar e começar a usar, sem quaisquer burocracias. Você pode conectá-lo diretamente na entrada do DualShock4 ou, utilizando os cabos, através de uma entrada USB.

Além disso, ele também pode ser usado em outros equipamentos como telefones, tablets, notebooks, etc. Inclusive, fizemos testes em videocalls através do Skype e o headset se comportou muito bem.

Um ponto pouco notado, mas que chamou atenção são seus cabos. Eles são grossos e firmes. Um alívio, já que não se quebrarão com facilidade.

Vale?

HyperX Revolver S é um produto premium, destinado aos jogadores que desejam mais performance, robustez e qualidade. Isso se reflete em seu preço, variando na faixa de R$ 700 nas principais lojas brasileiras ou US$ 150,00 em lojas estrangeiras.

E ele realmente faz a diferença no momento do gameplay. Se você quer um ótimo produto para potencializar sua diversão, este é um potencial candidato na sua lista de compras por entregar uma experiência acima do esperado.

Apesar de ser arquitetado para jogadores, ele também pode ser aproveitado em outros equipamentos, o que maximiza seu aproveitamento. E no que tange ao preço – você deve ter notado que não é tão acessível assim – ele está na mesma categoria que outros headsets de alto desempenho. Um ponto forte aqui é a marca em si: A HyperX é notória em oferecer um produto de qualidade.

 

AVALIAÇÃO FINAL
Acabamento
9
Áudio
10
Conforto
9
Microfone
8
Custo vs. Benefício
9
COMPARTILHAR