“Kept you waiting, huh?”

Após vários trailers, novidades e polêmicas, Metal Gear Solid V: The Phantom Pain finalmente chega as prateleiras com a promessa ser o último e fechar a aclamada franquia de Hideo Kojima.

O jogo trouxe a nós várias novas mecânicas de gameplay, gráficos melhorados e um história digna de um filme, esses outros fatores serão discutidos nesta review, mas caso se sinta perdido e esteja em dúvida se ele realmente vale a pena, nós preparamos duas matérias para você entrar no mundo de Big Boss:

Enredo

“Snake, what took you so long?”

O jogo se passa logo ápos o incidente de Metal Gear Solid V: Ground Zeroes, Big Boss acorda de um coma de 9 anos e descobre que perdeu seu braço na explosão e além disso destroços se alojaram em seu crânio e corpo. Quarenta e oito horas depois de seu despertar, forças militares desconhecidas invadem o hospital que Boss estava internado, aparenteente querendo a sua vida.

Assim que Snake fica sabendo da invasão uma espiã tenta surrupiar-lhe o resquício da via que lhe resta, mas ela é impedida por um homem com a cabeça enfaixada, esta figura desconhecida auxilia Big Boss na fuga do hospital, mas seus obejtivos são incertos.

A história começa em um ritmo lento e demora para realmente cativar o jogador, no começo são apenas apresentados conceitos e personagens, ela só toma fôlego após certo tempo de gameplay. Outro aspecto, é o corte de cenas, o jogo possuí menos diálogos e cutscenes que os outros titulos da série, mas o real problema foi que cenas importantes do final foram cortadas, elas podem ser encontradas na versão de colecionador do jogo, porém estão incompletas.

Caso queira saber mais sobre a cena cortada você pode acessar este link:

Apesar das considerações, a história faz jus ao nome da saga, grande parte dela pode ser encontrada em Fitas Cassete (substituindo o antigo CODEC), elas são adiquiridas pelos rádios e ao completar missões principais e secundarias. O enredo pode emocionar e surpreender o jogador, contudo ainda algumas dúvidas podem deixar uma pulga atrás da orelha, e talvez algumas delas nunca serão respondidas.

Gráficos

Toda construção gráfica do jogo foi baseada na FOX Engine, criada expecialmente para o jogo, foi ela quem proporcinou a criação de modalagens detalhistas, efeitos fiísicos tão reais e a tão aclamada resolução 1080p/60fps no PS4.

https://www.youtube.com/watch?v=u9aytnyGwTo

Todas as cutscenes são in-game, em nenhum momento o jogo pausa e entra em uma cinematic completamente diferente e mais bonita. Todas elas são bem feitas e cinematográficas, cada uma possuí um jogo de câmeras mais inusitado e espetacular que a outra, em certos momentos a impressão que dá que é são cenas live-action de tão “reais”.

O jogo possuí 3 regiões principais:

Afeganistão: é um território predominantemente desértico, mas mesmo assim não deixa de ser variado, ele intercala entre bases militares inimigas, fortes inimigos, contruções destruídas, dunas de areias e oasis.

Angola: repleta de pântanos e florestas densas, e assim como o Afeganistão, não fica monótono em nenhum momento. Ela possuí cavernas escuras para serem exploradas, montanhas rochosas, minas ocupadas por inimigos e vilarejos destruídos.

Mother Base: Ela não é vasta como os ultimos dois territórios, mas ainda sim não decepciona, o jogador pode modificar ela a seu gosto, no decorrer do jogo ela só tende a crescer e ficar mais forte.

Não é segredo que MSGV possuí lindos gráficos, mas a beleza está nos detalhes como: a roupa do Big Boss balançando enquanto venta, a mudança de tempo para chuva e tempesdades de areia, vegetação “viva”, etc. Todas essas adições tornam o jogo mais vivo e único, mas ainda sim o jogador pode testemunhar falhas de renderização, como paisagens distantes aparecendo com o tempo ou até objetos próximos “carregando” a textura.

Missões e Ops paralelas

O jogo possuí 51 missões principais e muitas (muitas mesmo) missões paralelas, se prepare para horas de gameplay.

A grande vantagem de Metal Gear V é dar a liberdade para que o jogador faça a missão do seu jeito, caso ele queria fazer a missão sem matar nenhum inimigo ou fazer justamente o contrário, o jogo permite.

As missões principais são dividias em episódios, cada episódio começa com uma abertura e termina com créditos, dando ao jogador uma sensação de estar dentro de uma série de TV.

Metal Gear Solid 5

Apesar da variação, esta abordagem, por vezes, tornam as situações repetitivas, mesmo que todas sejam muito importantes para a progressão da história, em certos momentos elas se tornam cansativas, embora a liberdade que o jogador tem para fazer a missão do jeito que quiser pode dar uma renovada.

Em certo ponto da história, o jogador libera as missões antigas em modo mais difícil. O problema que para poder evoluir na história é necessário que algumas destas missões sejam refeitas, podendo fazer com que o jogador perca o ânimo para seguir em frente.

Mother Base

Metal Gear Solid 5

A Mother Base, como o próprio nome diz, será a sua base mãe durante todo o jogo, ela será a nova moradia dos Diamont Dogs, o novo exército de Big Boss. Começando apenas com uma plataforma petrolífera, o jogador terá o dever de erguer seu exército privado e construir novas bases de desenvolvimento.

As plataformas são divididas em:

Plataforma de comando: Ela é o centro de tudo, dela que sairá os comandos e intruções para que as outras plataformas cresçam .

Plataforma de combate: Nela que seus soldados recrutados serão treinados, para no futuro irem em missões de campo definidas pelo jogador através de seu IDroid.

Plataforma de Pesquisa e Desencolvimento (P&D): Está plataforma será responsável pela criação dos armamentos e equipamentos que Boss e seus soldados levarão em suas missões.

Plataforma de Apoio: Como o nome diz, ela dará suporte ao jogador como: Aumentar a probabilidade de que o Fulton (balão que captura os inimigos) funcione, oferecer ataques de apoio como bombardeiros, bomba de gás do sono, bomba de fumaça, etc.

Plataforma de Inteligência: Durante as missões ela marcará no mapa possíveis posições de inimigos, plantas e matérias primas.

Plataforma Médica: Quando os soldados de Big Boss se ferirem em missões, eles serão imediatamente levados para está plataforma para cuidados médicos.

Plataforma de Desenvolvimento de Base: Quando os matérias (metal, matérial biologico, diamantes, combustível) forem mineirados ou coletados eles terão que passar pelo processo de refinamento, está plataforma acelera este processo e ajuda na construção de novas plataformas.

Metal Gear Solid 5

Jogabilidade

Como é de praxe da série, a jogabilidade é bem responsiva, em nunhum momento o jogador se frusta com Snake entrando em paredes ou andando sozinho, mas em compensação é possível que você possa acabar se embaralhando nos varios controles que o jogo possuí.

Um dos triunfos de MSGV é possuír controles bem responsivos e

em nenhum momento o jogador vai presenciar situações em que o comando não funciona ou a resposta é lenta, neste quisito o jogo não falha, mas em alguns momentos a própia movimentação falha, Snake pode acabar não entrando em “cover” em determinadas superfícies ou enquanto agachado alguns movimentos ficam confusos

O novo movimento de Reflexo Rápido foi também uma boa adição para série, pois facilita a vida de jogadores que não estão acostumados com o stealth de Meat Gear. Quando Snake é avistado pelo o inimigo, o tempo no jogo entra em camêra lenta (bullet time) e dá alguns segundos para que o jogador possa reagir atirando no inimigo, fugindo dele ou até permitindo que ele vá para cima. O modo reflexo pode ser desativado no menu de opções.

https://www.youtube.com/watch?v=O47MelGs2iE

O braço bionico de Snake também adiciona novas mecânicas como: usar ele para chamar atenção dos inimigos, nocautear eles com apenas um soco ou então simplesmente usa-lo como um foguete!

mgsv_bionicarm1

Considerações finais

Apesar de possuir um início lento e em algumas ocasiões poder se tornar repetitivo, Metal Gear Solid V mantém o padrão de qualidade da série, com uma jogabilidade bem responsiva, gráficos lindos e história de tirar o fôlego, ele acaba se tornando um jogo completo com muitas horas de gameplay.

O futuro da série ainda é incerto, a possível saída de Hideo Kojima poderá ter um grande impacto nas sequêcias, mas a própia Konami já declarou que mesmo sem ele Metal Gear vai continuar e o que resta para nós jogadores é esperar.

2 - Selo de Ouro

Escrito por: Mateus Luiz