PES 2018: impressões sinceras sobre a versão beta

O modo 3x3 foi uma grata surpresa

PES 2018 trouxe uma grata surpresa para os fãs este ano: uma versão beta, exclusivamente para testar o modo online. Acostumados apenas a uma única versão demo, que é liberada sempre no mês de Agosto (após a Gamescom), os jogadores estavam limitados a testar somente a jogabilidade do produto.

A beta online esteve disponível na PSN, de 20 a 31 de Julho, e contava com dois modos de jogo, exclusivamente online: o tradicional 1×1, e o cooperativo, que permite partidas com 6 jogadores, ou seja, 3×3. Em caso de desistência, os jogadores restantes continuam controlando o time normalmente, até o término da partida.

Vale salientar que, em ambos os modos, não era possível enviar convites para os amigos, nem criar salas em lobby. As partidas eram definidas sempre aleatoriamente. Algo perfeitamente aceitável, já que o intuito da fase beta era aprimorar a experiência online

De foco no gameplay para foco no online

A migração para a Fox Engine foi disponibilizada de forma precoce com o PES 2014, e fez com que muitos jogadores migrassem para o FIFA, causando uma baixa considerável nas vendas da franquia.

Consciente deste erro, por alguns anos, mais precisamente até o PES 2017, a Konami levantou a bandeira do “Foco no Gameplay”, e investiu horas a fio no refinamento da jogabilidade. Uma vez atingido um nível de qualidade aceitável, a tendência natural é que se partisse para preencher uma outra lacuna do PES: a experiência online.

A ação inédita de lançar uma beta exclusivamente para este fim, permitiu que a Konami monitorasse milhões de partidas em tempo real, a fim de identificar possíveis gargalos e realizar ajustes finos no decorrer do período de testes.

Como foi a nossa experiência?

Após algumas dezenas de partidas, podemos afirmar: no geral, a experiência online foi bastante satisfatória, se comparamos, principalmente, com as demais versões do PES desenvolvidas com a Fox Engine, algo que, inegavelmente deixou o jogo mais pesado.

Apesar de algumas partidas apresentarem lag e/ou queda de conexão (muitas delas forjadas pelos adversários, coincidentemente após tomarem alguns gols), elas foram minoria em relação ao total de partidas efetuadas.

Outro problema encontrado, foi que o tempo para encontrar adversários no modo 1×1 era consideravelmente superior ao modo cooperativo. A razão para este fato talvez esteja descrita nas próximas linhas.

Modo cooperativo e a grata surpresa

Embora tenha deixado claro que não havia outro intuito com a versão beta, foi possível experimentar algumas novidades bastante interessantes com o modo cooperativo. Durante a partida, abaixo do nome de cada jogador, é possível visualizar uma barra, que aumenta gradativamente, de acordo com seu respectivo desempenho.

Além disso, após o primeiro tempo e após o término da partida, são exibidas várias estatísticas, mostrando o desempenho com os chutes, passes, dribles, entre outros. Estes elementos incorporados ao PES 2018 foram uma grata surpresa, fazendo com que o modo cooperativo se tornasse muito mais interessante que o modo 1×1.

PES 2018 - Coop Estatísticas
As estatísticas motivam os jogadores a se aprimorar no PES. Fonte: Konami.com

Para completar as novidades, este bom desempenho nas partidas possibilita aumento de nível dos jogadores, o que aparentemente influi na procura de adversários para formar as partidas.

PES 2018 - Coop Nivel
A cada aumento de nível, desafios maiores. Fonte: Konami.com

Conclusão sobre a Beta Online do PES 2018

Resta-nos esperar que o jogo, já no seu primeiro de lançamento (previsto para Setembro), possibilite uma experiência online diferenciada para os jogadores. Sem dúvida, este um pré-requisito fundamental para o PES 2018 ser um divisor de águas no concorrido mundo do futebol digital.

E vocês, como foi a experiência online com a Beta Online do PES 2018? Conte-nos!!

Confira também: