Devil May Cry 5 é a resposta da Capcom ao desejo dos fãs, que ansiavam uma continuação real à franquia hack n slash mais famosa do mundo dos jogos. Clamor atendido, o título está presente na BGS 2018 para ser testado pelos jogadores. O Meu PS4 jogou a demo no stand da WB Games, de onde saímos impressionados.

O gameplay está fluido e os combates muito prazerosos. Nesta demonstração, no entanto, os movimentos de Nero eram mais cadenciados, mais lentos e pesados. Os gráficos estão atualizados, com uma trilha sonora bacana e diálogos bem ao estilo “homem-aranha” de tiradas de sarro com os inimigos.

Lamentavelmente, não estão disponíveis as possibilidades mostradas recentemente na New York Comic Con, que já noticiamos aqui. Uma pena.

Hora de fazer alguns demônios chorarem. Fonte: BGS 2018

A espada e pistola de Devil May Cry 5

Como dito acima, uma das principais características da demo é o combate mais lento. Aos que estão acostumados com a ação mais frenética dos títulos anteriores, pode se decepcionar um pouco neste primeiro momento. Os golpes com a espada estão mais pesados, e os tiros mais cadenciados.

Mas não deixe que este detalhe atrapalhe a diversão. O jogo ainda carrega o DNA da franquia, com a possibilidade de combos gigantes e alta pontuação. A navegação pelos cenários também não deixa a desejar, com Nero se movimentando fluidamente.

O Devil Breaker – o braço mecânico de Nero – tem diversas funções e ataques, de acordo com a modalidade escolhida. E ele também pode ficar sem o braço, caso utilize demais esse recurso, o que torna as lutas mais complicadas. Então, é bom ficar de olho.

Fora isso, os gráficos estão bons, mas não se destacam de forma surpreendente. Houveram alguns bugs de movimentação, mas nada que chegasse a travar o gameplay. A melhor parte, sem dúvidas, foi o momento do combate contra o chefe. As tiradas de Nero são hilárias e a cara de deboche é muito engraçada.

Devil May Cry 5 tem previsão de lançamento para 8 de março de 2019. A BGS 2018 segue até domingo, dia 14.