Quando The Division 2 foi anunciado, provavelmente gerou expectativa apenas em uma comunidade bem particular, de quem jogou o primeiro jogou, aguentou o tranco durante os muitos problemas que ele teve e agora está feliz por ver uma sequência que promete não ter os mesmos erros. Porém, agora, ele parece bem maior do que isso.

The Division 2 passou a ser o responsável por carregar uma parte do mercado sozinho. Afinal, Anthem não vem correspondendo às expectativas, Destiny não cativa mais como antigamente e não há mais muitas opções de games multiplayer cooperativos com experiências PvE e PvP. Em meio a um grande sucesso dos single, ele surge como um oásis no deserto.

Resta saber se ele terá aquela aguinha gelada ou se vai ser apenas uma miragem.

image.png

Muita coisa de The Division 2 já foi revelada. O trailer de lançamento gerou uma “hype” bacana, já vimos as novidades da Zona Cega e até os conteúdos gratuitos do “Ano 1”, liberados futuramente por DLCs, já foram revelados. Sem falar nas atividades “de final de jogo”, que prometem ser o grande atrativo do jogo.

Com tudo isso, então, o que esperar? Bem, uma campanha longa já foi confirmada, e a expectativa é de que ela tenha um enredo mais robusto do que o do primeiro jogo. Até porque o cenário agora é Washington, coração político dos Estados Unidos. Não haverá viés ideológico, mas a história promete ser bem interessante.

E, para coroar esse desenvolvimento do enredo, um gameplay que promete trazer de volta tudo o que deu certo no primeiro jogo, porém com algumas melhorias. Como as Zonas Cegas – sim, isso mesmo, serão várias, com características diferentes. O novo sistema de clãs, com até 50 membros cada, é outra adição bacana. 

A jogabilidade foi o forte do primeiro jogo – tirando os inúmeros bugs. Muita gente vai reclamar que o dano levado pelos inimigos nos tiros não é real – e isso é verdade, só que é preciso compreender que é a estratégia do jogo. Ele é realista em uma coisa e mais “game” mesmo em outra.

Afinal, não é só uma experiência de aventura e tiro, como também um RPG, em que o jogador precisa dropar itens, craftar, evoluir suas armas, adicionar perks, etc. E isso é, claro, uma parte do core de The Division 2. É o que faz você ir às atividades endgame, jogar missões diárias e semanais e por aí vai.

No primeiro jogo, montar sets específicos se tornou uma diversão/obsessão de muitas pessoas, e não deve ser diferente agora. Esperamos que o jogo tenha uma variedade bacana de conteúdo desse tipo, permitindo que cada pessoa consiga customizar o seu personagem de acordo com as características de jogo que mais curtir.

Meu PS4 testou a versão beta privada de The Division 2, e ao mesmo tempo em que o jogo divertiu bastante, especialmente jogado com amigos, também levantou algumas preocupações que se assemelham ao que vimos em Anthem. O downgrade gráfico e a conectividade limitada foram as principais.

Além disso, The Division 2 parece muito semelhante ao seu antecessor em alguns dos detalhes importantes do jogo, como o visual do personagem e alguns comandos muito esquisitos. A sensação é de que ele tem apenas uma roupagem diferente, além de um tweak aqui e outro ali, em relação ao título original.

Por outro lado, as novas possibilidades de artefatos e o gameplay sempre com o ritmo acelerado agradaram. O mundo aberto, com inimigos que podem vir de qualquer lugar, também se destaca, assim como a ambientação de Washington, que a exemplo da NY do primeiro game, é perfeita.

Por isso, se você espera algo inovador, esqueça. Mas se quiser um game de aventura, exploração e tiroteio para se divertir com os amigos, provavelmente essa será a opção mais adequada de 2019. 

Faltam 8 dias!

  • Lançamento: 15/03/2019  
  • Desenvolvedora: Ubisoft  
  • Gênero: Aventura 
  • Preço: R$ 230 (compre aqui com descontos)
  • Versões Extras: Gold Edition (R$ 279,90, passe do Ano 1 e acesso antecipado de 3 dias) e Ultimate Edition (R$ 299,90, benefícios da Gold + armas/trajes extras)
  • Bônus de Pré-Venda: Avatares, escopeta exótica e traje 
  • Jogadores: 1-16 em rede (Uso Online necessário)
  • Localização: Áudio, Legendas e Menus

Confira todos os previews: