Red Dead Redemption 2 está, literalmente, a alguns dias de seu lançamento. O próximo título da Rockstar levará o jogador novamente ao velho-oeste, a um tempo antes da história de John Marston, no primeiro jogo. Enquanto muitos já puderam experimentar esse último, alguns desconhecem a fantástica narrativa que lhe rendeu tanta fama.

Com isso, o Meu PS4 traz para você a história de Red Dead Redemption. Assim, você, leitor, pode começar a se ambientar, e não ficar perdido em RDR 2. Saiba o que aconteceu com a gangue Van Der Linde, e como John Marston passou de amigo a caçador, tendo que trazer seus antigos companheiros aos olhos da justiça.

ATENÇÃO – Esta matéria contém spoilers sobre o enredo de Red Dead Redemption. Se você ainda não o jogou, e pretende faze-lo antes do lançamento de Red Dead Redemption 2, sugerimos fortemente que guarde a leitura para um momento posterior.

América, 1911…

O velho oeste está morrendo. A modernidade vem, inexoravelmente, devorando tudo e todos os que não querem se adequar à mudança dos tempos. A era dos foras-da-lei está acabando e o governo tem seu braço forte da lei se estendendo mais e mais pelo país. Seu objetivo é se livrar de qualquer um que resista à chegada do “progresso”.

E como o governo não pode parecer fraco aos olhos externos, não mede esforços para alcançar seus objetivos. Edgar Ross, chefe da Divisão de Investigação – região oeste, decide usar meios pouco ortodoxos para eliminar uma famosa gangue. John Marston, seu antigo associado, é “convidado” a caçar seus antigos companheiros.

Pela família vale tudo. Até uma aliança perigosa.

Não lhe é dada escolha, já que o governo sequestra sua mulher e filho, com quem ele decidiu viver pacificamente após, anos antes, um assalto dar errado e ele ser deixado para morrer por quem ele considerava irmãos. Assim, escoltado por Ross e Archer Fordham, John segue para Armadillo, atrás de seu primeiro alvo: Bill Williamson.

Ao chegar ao Forte Mercer, onde a gangue de Williamson está instalada, John tenta, em vão, conversar com Bill, e faze-lo ver a luz da razão e se entregar. Bill, ao contrário, provoca John sobre sua aparente mudança de lado. Vendo que palavras ali não adiantam, John busca seu revolver, apenas para ser alvejado por um dos homens de Bill.

John nunca teve chance. Bill tinha o terreno alto.

A morte, ali, parecia um bom negócio.

Invasão do Forte Mercer

John sorriu para a morte, mas ela não sorriu de volta. Ainda não era sua hora. Ele acaba salvo por Bonnie MacFarlane e levado para Armadillo, para ser tratado pelo médico Nathanael Johnson. Em débito, e sendo um homem que paga suas dívidas, John decide trabalhar em seu rancho até que esteja quites com Bonnie.

No entanto, Bill descobre tal situação e decide intervir, primeiro incendiando o celeiro do rancho. Depois, sequestrando Bonnie, na tentativa de executa-la por enforcamento. Em ambos os casos, Marston precisa agir com precisão e violência. John desejava a paz, mas sua guerra ainda estava longe de acabar.

Não é do feitio de Marston deixar inocentes pagarem o preço de suas ações.

Em Armadillo, John trabalha com o delegado Leigh Johnson para trazer diversos criminosos à justiça. Com o tempo, e a confiança crescente um no outro, começam a planejar o assalto ao Forte Mercer. Para isso, contam com o auxílio do vigarista Nigel West Dickens, e de Seth Briar, um escavador de tumbas mentalmente instável.

Com tudo em ordem, homens preparados e armados, o grupo pate para a execução de seu plano. Eles conseguem infiltrar uma gatling dentro de uma carroça e, ao cruzar os portões do forte, tem-se início o apocalipse de balas. Muitos dos homens de Williamson são mortos. Mas o próprio Bill não estava entre eles.

O progresso também tem suas vantagens.

Bill foge para o Novo México, buscando abrigo junto a Javier Escuela. Bill e Javier Escuela agora estão juntos. Para John, são dois coelhos com uma cajadada só.

Os Portões d’El Presidio

Com a ajuda de um negociante de armas chamado Irlandês (Irish), John atravessa a fronteira para o Novo México. Seu caminho se cruza com o General Agustin Allende e seu subordinado, Capitão De Santa, que alegam conhecer o paradeiro de seus alvos. Para ter o que quer, John é forçado a trabalhar com ambos.

Nesse meio tempo, John conhece um pistoleiro lendário chamado Landon Ricketts, que o leciona na arte do pistoleiro.

Landon Ricketts é o lendário pistoleiro que ensina a John a arte do revolver.

John conhece também Abraham Reyes, um revolucionário, que deseja derrubar o regime opressor do presidente General Sanchez, comandante de Allende, por motivos menos que nobres. Sem muita escolha, Marston precisa atuar nas duas frentes, ajudando os rebeldes de Reyes e sua amante, Luisa, e as tropas de Allende.

No entanto, Allende trai John, deixando-o para ser executado. O que não acontece, já que Reyes e seus homens salvam a vida de Marston. Com isso, e não sendo um homem de dever favores, John se une ao bando de rebeldes para caçar Allende. A primeira vítima é Capitão De Santa. John extrai sua vingança.

“Agora estamos quites, capitão”. Isso soa como justiça.

Agora com a força “militar” necessária, John Marston ataca o presídio de Novo México, em Casa Madrugada, após descobrir que este é o paradeiro de Javier Escuella. Muitos homens e cavalos mortos depois, John dá uma chance a Javier: render-se ou morrer resistindo (a escolha do seu destino cabe ao jogador neste ponto).

Javier tinha uma escolha. Aqui, ele pagou o preço por ela…

Mais um para a conta. Faltam dois, e Marston pode rever sua família novamente.

Hora Marcada

John Marston tem uma missão e nem mesmo um governo inteiro vai pará-lo. Com isso em mente, ele se move para atacar diretamente o General Allende em seu território. O ataque deixa várias baixas, incluindo aí Luisa, com quem Reyes não parece se importar de forma alguma

Luisa dá sua vida por seu amado e pela revolução. No fim, ela não é sequer lembrada.

Marston, contudo, não tem tempo para lamentar os mortos. Tendo Bill feito um acordo com Allende, ambos tentam escapar em uma carruagem, e durante a fuga, Allende trai Bill, jogando-o do veículo, antes de ele ser destruído por Reyes e Marston. Ao tentar trocar Bill por sua vida, Allende fica sem os dois. Ali começa o fim do regime de Sanchez.

E Bill Williamson, outrora valente atrás dos muros de Forte Mercer, tenta se mostrar arrependido e cooperativo com John. Tal tática é uma distração, para que ele possa atacar John despercebido. Marston é um pistoleiro experiente, logo percebe o engodo, e ali, em terras mexicanas, outro membro da Gangue Van Der Linde cai.

Bill e Allende estão juntos no inferno. John agora tem uma última missão a cumprir

Corte a cabeça e o corpo morre, é o que dizem. Hora de cortar a de Van Der Linde.

Em Casa com Dutch

Bill está morto e Escuella preso (ou junto com Bill), mas John não terminou sua missão. Ele de volta à América, para a cidade de BlackWater, em West Elizabeth. Ali é o que se pode considerar o berço da nova civilização. Ruas asfaltadas, carruagens, carros, o progresso sempre crescente… Ali, definitivamente, não era lugar para alguém como Marston.

Seu destino, pelo visto, é carregar a culpa e limpar a sujeira de outros. Como bem lembra o agente Ross, Dutch deve morrer, ou John não verá sua família. Isso força John a improvisar.

“Quero que você atire nele para mim”. Sua vida é ser culpado por problemas que não são seus.

Trabalhando com o professor Harold MacDougal, um fracassado pesquisador, e seu ajudante, um nativo chamado Nastas, ele tenta rastrear a gangue de Van Der Linde por todo território de West Elizabeth. Com muito custo, consegue localizar pistas em um território próximo.

John e Nastas cruzam uma série de terrenos acidentados, e enfrentam diversos inimigos. Nastas fica incapacitado, então cabe a John verificar. Marstonencontra o acampamento, mas Dutch encontra Marston, e o atinge com um tiro.

Surpresa!

John sorri para a morte. Ela não sorri de volta.

…E a verdade vos libertará

Ao acordar em Blackwater, Marston recebe a agradável notícia de que irá invadir o acampamento de Dutch junto com Ross e o exército americano, que reuniu uma força considerável já naquele momento. O que for necessário para ter sua família de volta. John, então, embarca nessa última missão.

Os portões do acampamento de Dutch são dinamitados. Balas e corpos começam a voar em todas as direções, geralmente um ao encontro do outro. A neve branca é tingida de vermelha, enquanto o obstinado John abre seu caminho com chumbo e sangue. O que for necessário para ter sua família de volta.

Dutch usa artilharia pesada para tentar deter o avanço de Marston, o que se prova inútil. Vendo-se na necessidade de fugir, acaba encurralado entre a mira da pistola de John e um penhasco. Ali, naquele momento, aqueles homens, outrora amigos, se enfrentam pela última vez.

O acerto de contas final

Dutch não poderia deixar de lutar, mesmo que fosse uma batalha perdida. É sua natureza. Mas também não iria se entregar. Os tempos mudam, mas homens como eles querem, em vão, resistir à inexorável força do progresso. “Quando eu morrer, o governo achará outro monstro para justificar seu salário“. Com estas palavras, Dutch salta para seu destino.

A gangue Van Der Linde acabou. John pode ir para casa, para sua família. O reencontro é frio, tenso e nada amoroso, como se esperava. Mas Marston conhece a sua esposa, e sabe que aquele é seu jeito de dizer “bem vindo de volta”. John estava em casa.

Todo preço é pequeno, quando temos que pagar por quem amamos.

Abençoados sejam os pacificadores.

O último inimigo que deverá ser destruído

Os dias que se seguem são tranquilos. John retorna à sua vida normal, com sua esposa Abigail, seu filho Jack, e seu amigo Uncle, que deixou a gangue junto com ele anos antes. Ele instrui Jack na arte da caça, começa a comprar o gado de Bonnie para seu rancho. Mas o governo ainda precisa de um monstro para justificar seu pagamento.

Forças federais, lideradas por Ross, invadem o rancho Marston. Ao notar a movimentação, John e Uncle formam a primeira linha de defesa, até que Uncle cai. Marston, com custo, leva sua família para o celeiro. Sem saída, mais uma vez, professa seu amor pela sua família.

O último adeus é sempre o mais amargo quando você sabe que é o último.

Relutante, ele envia sua esposa e filho para segurança, prometendo encontra-los em breve. Ele sabia o que era preciso ser feito. Sua vida pela sua família. Não era um preço alto. Então, ali, sozinho, ele sai do celeiro cercado. Na sua frente, rugiam raivosamente os soldados federais. Dentre eles, Ross. John busca seu revólver.

Quantos caíram antes que a primeira bala atingisse John? Quantos até a segunda? Impossível contar. Depois de ser cravejado de balas, John Marston, homem de honra, cai sem vida no chão. “Eu amo vocês”, são suas últimas palavras. Ross apenas acende seu charuto e vai embora, sabendo que sua missão estava cumprida.

A família Marston volta ao rancho e encontra John sem vida. Com tristeza, ele é enterrado na colina próxima à sua casa no rancho. Na lápide, apenas uma inscrição.

“O último inimigo a ser destruído é a morte”. Coríntios 15-26.

Abençoados sejam os pacificadores.

Epílogo – Lembre-se da Minha Família

1914. Abigail Marston se junta a seu marido. Jack, agora um homem feito, enterra sua mãe ao lado de seu pai, e deixa o rancho. Todos, eventualmente, tem que pagar pelo que fazem.

Um certo homem deve morrer.

Seu destino é Blackwater, onde ele busca informações sobre um homem específico no agora FBI. Após alguma investigação, Jack segue para o Rio Del Toro, onde ele confronta Edga Ross, o homem responsável pela morte de seu pai. Não mostrando remorso ou culpa, Ross responsabiliza John por sua própria morte. E ameaça Jack, caso ele não se vá.

Jack não hesita, saca seu revolver, e Ross perece de forma vergonhosa. “Todos pagam pelo que fazem”, foi o que ele disse a John quando derrubaram Dutch.

E então Ross paga o seu preço.

A redenção é um caminho tortuoso. John Marston sacrificou tudo por sua família. Até mesmo sua vida, sabendo que sua mulher e filho seriam deixados em paz, e permitir que Jack crescesse longe do que moldou John o homem que era.

Mesmo assim, com sua redenção manchada de sangue, seu filho escolhe seguir o mesmo caminho do pai, se tornando um fora da lei.