Hoje estamos aqui para falar não só de games como também de filmes e documentários… ou melhor, filmes e documentários relacionados ao nosso glorioso mundo virtual.

Os títulos a seguir vão desde o começo da história, até os E-Sports que vem ganhando cada vez mais seguidores ao redor do planeta.

Video Games: The Movie (Netflix)

Imagem 1

Mesmo com “Movie” em seu título, trata-se de um documentário. Dirigido por Jeremy Snead, ele nos leva por uma linha do tempo desde a origem dos primeiros protótipos até os dias de hoje com a nova geração de consoles (WiiU, PS4 e XOne).

Nessa produção podemos entender melhor sobre a ascensão da Atari até a sua queda, que teve como símbolo o fracasso do jogo E.T, a força comercial da Sony trazendo milhares de fãs com o PlayStation e entre outros fatos históricos.

O documentário ficou bem dinâmico e criativo trazendo vários comerciais utilizados na época dos lançamentos e cenas de games o tempo todo.

Além disso, eles trouxeram várias celebridades para entrevistas como Hideo Kojima (dispensa apresentação), Sean Astin (Senhor dos Anéis) e Wil Wheaton, que aliás está fazendo um grande sucesso em “Conversations With Creators”.

Indie Games: The Movie (Netflix)

Imagem 2

Quantas vezes enquanto criança você não disse ou sequer ouviu essa frase: “Quando crescer, vou trabalhar com Video Games!”. Muitas não é mesmo ?

Bom, hoje percebemos que isso é bem mais complicado do que imaginávamos, e não foi à toa que escolhi essa área como profissão, porém na comunicação.

Esse é mais um belo documentário, que traz como foco o mundo dos jogos Indies. Ou seja, jogos produzidos por desenvolvedoras independentes.

Esse estilo de jogo ainda é muito recente comparado aos outros, mas vem crescendo muito rápido e ganhando cada vez mais espaço nas plataformas.

Nele podemos deixar de lado o olhar de consumidor, e ver o outro lado da moeda. Digo isso pois o documentário traz profissionais da área que explicam o quão complicado, trabalhoso e estressante é produzir e até mesmo lançar os jogos.

Podemos ver um pouco mais de perto sobre o desenvolvimento de Indies que fizeram sucesso, como Braid e FEZ.

Free To Play

Imagem 3

E-Sports já é de conhecimento de todos. Nem preciso falar sobre seu crescimento não só na cena internacional como também aqui no Brasil com o famoso LOL, PB, COD entre outros.

A cada ano, o eSports vem arrebatando cada vez mais seguidores e realizando grandes campeonatos ao redor do mundo, como podemos ver na imagem abaixo:

Imagem 4

O documentário foi produzido pela VALVE, e segue a rotina de três jogadores profissionais (Hyhy de Cingapura, Dendi da Ucrânia e Fear dos Estados Unidos) em busca de um prêmio milionário no primeiro torneio internacional de DOTA 2.

Eles retratam como um torneio de grande escala é capaz de impactar a indústria, e todo o esforço exigido para ser considerado um jogador de elite.

Diferente dos outros citados acima, “Free to Play” não está disponível no Netflix, mas pode ser assistido pelo YouTube:

VGHS – Video Game: High School (Netflix)

Imagem 5

Esse filme na verdade é um compilado de episódios da série. Essa série traz um mundo futurista, onde o vídeo game faz parte da sociedade.

Imagine um mundo onde, ao invés de escutarmos da grande mídia “que isso ou aquilo aconteceu porque o indivíduo possuía um vídeo game em casa”, víssemos players profissionais sendo tratados como verdadeiros astros na TV, assim como os jogadores de futebol.

Eles mostram isso de uma forma bem humorada, porém um pouco estranha. O longa conta a história de um player que tem a chance de aprimorar suas técnicas em uma academia de elite.

Tanto o filme quanto a série estão disponíveis no Netflix !


GAMER (Netflix/DVD)

Imagem 6

Esse filme se baseia em um shooter chamado “Slayers”, invenção de um empresário chamado Ken Castle. O game usa a tecnologia nanex (nano + córtex), em que células do cérebro de uma pessoa são modificadas via nanotecnologia para permitir um controle por outra pessoa.

No game, os participantes são pessoas que foram condenadas ao corredor da morte e que escolhem o campo de guerra em troca do perdão da pena.

Kable, personagem principal, está a poucas batalhas para ser libertado e espera reencontrar a esposa e filha que havia deixado para traz. Sua mulher atua via nanex em um game que podemos comparar com um The Sims, porém controlado por depravados.


Tron: O Legado (DVD)

Imagem 7

O filme narra a história de um garoto chamado Sam, que após o desaparecimento de seu pai, dedica-se a divulgar os códigos de seus softwares para uso gratuito na internet. Em um certo dia, enquanto Sam está no escritório de seu pai, descobre que o vídeo game Tron é uma entrada secreta para “A Grade”, um gigantesco mundo virtual criado por seu pai, Kevin Flynn.

Dentro da “Grade”, Sam entra em uma batalha com motos que deixam um rastro de luz. Toda essa luta tem como objetivo a volta para o mundo real, que só poderá acontecer com a ajuda de seu próprio pai e de Quorra, a primeira forma de vida cibernética da Grade.

Vale lembrar que esse não é o primeiro filme. Ele já teve uma versão em 1982 como “Tron: Uma Odisséia Eletrônica”, dirigido por Steven Lisberger.


Detona Ralph (Netflix/DVD)

Imagem 8

Essa é mais uma bela produção da Disney que dessa vez conta a história de Ralph, um vilão do game Fix-It Felix Jr. que há 30 anos vive caindo de um prédio.

Quando os arcades (fliperamas) das lojas são desligados, os personagens virtuais retornam para suas casas, menos Ralph. Ele mora em uma pilha de entulho que fica ao lado do prédio onde se passa o game e, dia após dia, ele assiste as glórias e conquistas do Felix Jr., herói do jogo eletrônico. 

Cansado de tanta decepção, Ralph participa de terapias de grupos com outros vilões digitais como: Bowser, Fantasma do Pac-MAN, Eggman, entre outros.

O filme é bem interessante por vários fatores como: mostrar uma suposta interação entre jogos digitais após o expediente e traz uma bela mensagem no final, característico dos filmes da Disney.

Detona Ralph merece atenção, principalmente por aqueles jogadores um pouco mais antigos, que passaram boa parte do tempo em casas de jogos e fliperamas.

Bom, a lista acaba aqui mas CALMA que isso não é tudo!

Há poucos dias um novo filme que aborda a temática de video games estreiou nos cinemais. Chamado de Pixels, traz grandes estrelas como Adam Sandler, Kevin James e Peter Dinklage

No filme, nossa amada Terra é invadida por monstros digitais inspirados em jogos eletrônicos dos anos 80. Neste momento o filme ainda se encontra em cartaz.

E você caro leitor, tem mais algum título que gostaria de compartilhar com a galera? Deixe aqui em baixo nos comentários!