Olá novamente, caro leitor. Hoje vamos apresentá-lo à parte final do nosso guia de Kingdom Hearts, concluindo definitivamente a abordagem sobre o enredo desse universo, bem como os personagens presentes que moldam a história.

Nas partes anteriores apresentamos os seguintes jogos:

  • Kingdom Hearts I
  • Kingdom Hearts 358/2 Days
  • Kingdom Hearts Chain of Memories
  • Kingdom Hearts II
  • Kingdom Hearts: Birth by Sleep

A leitura desta última parte terá mais divisões porque há muita coisa revelada nos jogos não lançados para consoles. A origem da Keyblade War e mais!

Aqui também apresentaremos a cronologia da série ao mesmo tempo em que falamos dos jogos que não foram citados anteriormente. Caso não tenha visto, confira abaixo os links:

Recapitulando

Vamos rever nossas informações, adicionar algumas novas e montar a cronologia juntos!

O início de tudo é aqui, em Daybreak Town, que no futuro existirá apenas nos contos de fadas. Este enredo conta como os grandes mestres foram escolhidos para proteger a cidade. Em nosso Review de Kingdom Hearts 2.8 explicamos o que acontece na perspectiva daqueles que comandam a cidade.

Logo após os grandes mestres entrarem em conflito em Back Cover e Gula dizer a Ava que vai abrir Kingdom Hearts (mesmo sendo proibido por seu superior), o mal surge em forma de Heartless, como previsto pelo Mestre dos Mestres.

Em dado momento, Ephemer vai de encontro a Ava, dizendo a ela que encontrou um amigo de outra Union. Com esta informação, podemos assumir que Kingdom Hearts Back Cover acontece um pouco antes e ao mesmo tempo que os eventos de Kingdom Hearts X.

Conheça os personagens

Ephemer [Ephemera]

Ephemer passa a questionar os mestres sobre as decisões que estão sendo tomadas. Fonte: YouTube

Um guerreiro participante de uma Union diferente da sua. Ele diz ao jogador que os mundos afora não passam de ilusões criadas pelo livro das profecias que os grandes mestres possuem. Consegue escapar da Keyblade War após ir à outra dimensão a mando de Ava.

Sua história está em:

  • Kingdom Hearts X Back Cover
  • Kingdom Hearts X
  • Kingdom Hearts Unchained X
  • Kingdom Hearts Union X [Cross]

Skuld

Skuld participa da mesma Union que Ephemer. Fonte: YouTube

Após ser questionada por Ava se gostaria ser uma Dandelions, Skuld aceita. Ela, ao lado de Ephemer, criará outras Unions para guiar os futuros guerreiros da Keyblade.

Sua história está em:

  • Kingdom Hearts X
  • Kingdom Hearts Unchained X
  • Kingdom Hearts Union X [Cross]

Chirithy

Em Dream Drop Distance também existem os Spirits e Nightmares. Fonte: Print Mobile

Os Chirithy foram criados pelo Mestres dos Mestres para acompanhar os portadores da Keyblade em seu caminho. Eles são responsáveis por mantê-los no caminho da luz, aconselhando-os e presenteando-os com bons sonhos. Quando alguém passa a possuir trevas dentro de si, eles se tornam Nightmares, proporcionando apenas pesadelos.

Sua história está em:

  • Kingdom Hearts X
  • Kingdom Hearts Unchained X
  • Kingdom Hearts Union X [Cross]

O X da questão

A introdução ao título começa com a avó de Kairi (fato que ocorreu em Birth by Sleep durante a jornada de Aqua) contando como as trevas surgiram. Segundo ela, a luz era a coisa mais quente e confortante que existia no mundo. No entanto, as pessoas a queriam para si próprias, trazendo as trevas. Porém, pequenos fragmentos de luz sobreviveram.

As crianças foram responsáveis pelos fragmentos de luzes existentes em meio ao caos. Graças a elas, o mundo pôde ser reconstruído da forma que ele é hoje. Mas como esse caos teve início? É isso que veremos agora.

Este evento pode ser visto em Birth by Sleep. Fonte: Print Mobile

O personagem principal é escolhido pelo próprio jogador. Há possibilidade de escolher entre um menino e uma menina. Após, é necessário escolher a qual Union (criadas pelos grandes mestres) você deve participar. Eles são como clãs e disputam Lux (fragmentos de luz) entre si. Foram criadas a mando do Mestres dos Mestres.

Seu personagem encontra Chirithy, responsável por lhe guiar pelas trevas presentes mundo afora. No decorrer da aventura, o mestre da Union que você participa explica que você precisará da ajuda de outros portadores da Keyblade para derrotar os Heartless mais fortes. Porém, a ajuda vem apenas daqueles que são do mesmo grupo.

Se pegarmos este ponto, poderemos assimilar ao que a avó de Kairi disse em sua história. “As pessoas queriam a luz para si próprias, trazendo a escuridão”. Isto é dito inclusive pelo mestre do personagem, que enfatiza o desejo das pessoas em possuírem a luz para seus próprios objetivos.

Com o tempo, você encontra Ephemer e Skuld, os quais fazem parte da mesma Union. Contudo, como seu personagem não faz parte da mesma que a deles, é desafiado por Ava, detentora da máscara de raposa. Mais à frente, você e seus novos amigos descobrem que os Heartless são guerreiros que foram consumidos pelas trevas.

Ephemer vai para o Realm of Light, local onde apenas os portadores da Keyblade de nível elite (conhecidos como Dandelions) podem ficar para evitar a grande guerra. O jogador encontra Ava, que oferece a você e a Skuld a mesma oportunidade. Skuld aceita, mas seu personagem fica em dúvida sobre o que fazer.

Após uma briga, Aced luta contra seu personagem, mas é impedido por Ira, que diz que o único que pode ter a solução para a guerra é Gula.

Após encontrar Gula, é revelado ao jogador que apenas os Mestre dos Mestres pode impedir tudo aquilo. Porém, ele desapareceu em Back Cover, deixando o livro das profecias nas mãos de seus discípulos.

Gula é o único que conta a verdade sobre o livro para os heróis. Fonte: Print Mobile

Em paralelo a isso, Ava consegue rastrear Luxus, responsável por cuidar de Daybreak Town. Ele revela que queria seguir o que estava escrito na página perdida do livro das profecias que lhe foi dada pelo Mestre dos Mestres. Furiosa, Ava o desafia, e, consequentemente, a Keyblade War tem início.

Durante a guerra, seu personagem luta contra todos os outros líderes das outras Unions. Enquanto isso, diversos corações começam a aparecer no campo de batalha, tendo como destino Kingdom Hearts.

Seu personagem caí após a luta, e logo a Keyblade War chega ao fim. Ephemera e Skuld aparecem, cumprindo o objetivo de voltar à terra após a guerra.

Apenas um sonho?

O final secreto mostra o jogador acordando de um sonho. Chirithy diz a você que este sonho tem se tornado frequente após o convite de Ava para ser um dos Dandelions.

Uma cena mostra Malévola do outro lado dos arbustos de espinhos. Ela cita Sora, dizendo que nem ele e seus amigos poderão se intrometer no que acontece naquele mundo. Ela fala dele porque isto está escrito no livro das profecias do Mestre dos Mestres, que mostra todo o futuro do mundo.

Que luz?

As pessoas, cegas por seus próprios objetivos, queriam forjar a espada mais poderosa de todas: a X-Blade, que faz parte de Kingdom Hearts. Quando o desejo egoísta dos seres humanos se propagou, causando assim a Keyblade War, a espada dividiu-se em 20 pedaços: sete deles de pura luz (que são as sete princesas de coração puro) e 13 de pura escuridão.

No fim de toda a guerra, aqueles escolhidos por Ava para serem os Dandelions se encontram na Keyblade Graveyard. Ephemera e Skold, amigos desde antes de se tornarem líderes, encontram um velho conhecido dos jogadores: Ventus, também escolhido por Ava para ser um dos cinco a se tornarem líderes.

Com essas informações, podemos dizer que Kingdom Hearts X é o segundo jogo da cronologia.

Nota: Kingdom Hearts Unchained X é uma versão aprimorada de X [Chi], lançado para navegadores.

A ordem cronológica

Vamos aos fatos:

Após os acontecimentos de Kingdom Hearts X, uma nova aventura começa em Kingdom Hearts Union X [Cross]. Ele dá continuidade à história dos Dandelions escolhidos por Ava para serem os novos líderes das Unions. Não contaremos sua história aqui porque é um lançamento recente e os episódios estão sendo lançados gradualmente.

Indo mais à frente na história, podemos colocar que Birth by Sleep é o terceiro da série, pois conta os eventos do mundo após ter sido restaurado.

Aqua e Mickey mantêm uma boa relação de amizade. Fonte: PS4 Share

Muito da história de Kingdom Hearts é revelada em seus finais secretos, e Birth by Sleep mostra como Aqua foi parar no Dark World. Com isso, podemos colocar que Kingdom Hearts 0.2 Birth by Sleep – a fragmentary passage – é o quarto jogo da série, contando os eventos antes, e ao mesmo tempo, que o primeiro Kingdom Hearts.

“A ‘fragmentary passage’ mostra o drama de Aqua no Dark World tentando, de alguma forma, voltar ao Light Realm. Lá, ela começa a ter alucinações de Ventus e Terra. Mickey aparece para ajudá-la, porém, durante o ataque de um grupo de Heartless, ela caí no limbo profundo.”

O quinto jogo da cronologia é o Kingdom Hearts I, que acontece ao mesmo tempo que A Fragmentary Passage. Logo após, Kingdom Hearts 358/2 Days e Kingdom Hearts Chain of Memories, trazendo o sexto e sétimo episódios à série, respectivamente.

O oitavo jogo na ordem cronológica é Kingdom Hearts II, sendo seguido por Kingdom Hearts Re: Coded e Kingdom Hearts: Dream Drop Distance, fechando o nono e décimo jogo, respectivamente, antes do futuro Kingdom Hearts III.

Sistema infectado

Jiminy aparece no castelo de Mickey informando-o que em seu antigo diário, o mesmo onde está escrito “Thanks Naminé”, apareceu uma mensagem estranha. Intrigados, eles decidem usar uma tecnologia que lê todo o seu conteúdo oculto. Porém, ao conectá-lo à máquina, uma grande quantidade de vírus ataca o sistema, os impedindo de analisá-lo.

Para resolver os bugs presentes, eles criam uma versão digital de Sora, fazendo com que ele vá em cada um dos mundos visitados no primeiro Kingdom Hearts. Porém, a cada mundo libertado dos vírus, uma nova mensagem aparece, deixando os heróis ainda mais intrigados.

Em determinado momento, o homem que aparece com capuz preto no sistema revela-se Riku. Ele na verdade é o diário do Jiminy e assumiu a aparência do amigo de Sora porque foi a primeira coisa captada pela máquina. Ele revela que todo o conteúdo está dentro dele, como um backup. Além disso, informa-os que também estão presos no mundo digital.

Sora, Pete, Malévola, Mickey e Riku encontram-se na Cave of Wonders. Pete conta a eles que quando o Sora digital abriu a Keyhole na Destiny Islands, todos foram sugados para dentro do datascape. Revela também que foi ele quem cortou a conexão entre o mundo digital e real, tornando-o vulnerável às trevas da Malévola.

Após longas jornadas dentro do mundo digital e Mickey e seus amigos voltarem ao mundo real, a versão digital de Riku revela que o diário voltará a ter todas as anotações que foram perdidas em Chain of Memories. Entretanto, uma grande força chega ao local, ameaçando toda a existência do datascape e do diário de Jiminy.

Sora descobre que o Heartless mais poderoso presente no datascape e o causador de todos os problemas é o seu próprio, que foi libertado no primeiro jogo da série durante o resgate de Kairi. Ao derrotá-lo, Sora, Mickey e Riku se despedem. Enquanto isso, Malévola diz a Pete que o diário de Jiminy e o livro das profecias podem estar conectados de alguma forma.

De volta ao castelo

Após sofrer um reboot e perder todas as memórias do que aconteceu, Sora encontra Mickey, que o leva para Castle Oblivion. Neste local, um homem mostra a Sora todas as pessoas que ele conheceu em sua jornada, mas não se lembra deles. No entanto, aqui elas não passam de ilusões, forçando o protagonista a se lembrar de cada uma delas através da dor.

Mais à frente na aventura, o homem misterioso pode ser reconhecido pelos jogadores: Roxas, nobody de Sora. Ele tentou mostrar como é esquecer e ser esquecido, e sofrer por isso. Porém, Sora consegue mostrá-lo o lado bom, e Roxas volta ao coração do protagonista.

Seguindo adiante, Sora e Mickey encontram Naminé, que revela ser a causadora dos bugs presentes no datascape. Segundo ela, haviam memórias perdidas no local mais profundo do coração de Sora que não pertencem a ele, mas sim a todos que são conectados a ele.

Sora descobrirá toda a verdade sobre a Keyblade após curar a dor daqueles conectados a ele. Fonte: YouTube

Sora e Mickey veem as memórias escondidas e descobrem que Aqua, Terra, Ventus, Xion, Axel e Roxas dependem do herói da keyblade para terem suas dores curadas. Mickey fica responsável por passar essa mensagem ao verdadeiro Sora, que também é mostrado num dos finais secretos de Birth by Sleep.

Após o fim

O final secreto de Re: Coded mostra Mickey e Yen Sid conversando sobre o retorno do Xehanort original, já que suas duas partes, Heartless e Nobody, foram destruídas. Por fim, o mago convoca Sora e Riku para fazer o Mark of Mastery, que os tornará verdadeiros mestres da Keyblade, dando início a Kingdom Hearts: Dream Drop Distance.

Você pode conferir nosso review e apresentação aos personagens aqui.

Sora e Riku são enviados ao mundos dos sonhos para se tornarem mestres da Keyblade. Para isso, é necessário que ambos fechem as sete keyholes existentes. Embora estejam no mesmo lugar, eles estão em dimensões diferentes, podendo ver um ao outro de vez em quando.

Durante a jornada, Sora começa a se perder em seus sonhos e vai parar no mais profundo limbo. Riku entra em seu sono para salvá-lo, pois foi o único que conseguiu voltar e adquirir o título de mestre.

Logo após os acontecimentos, Axel (que não é mais um nobody) e Kairi treinam para serem portadores da Keyblade, juntando-se ao time para enfrentar Xehanort. Enquanto isso, Sora sai em mais uma aventura ao lado de Pateta e Donald, dando início aos eventos do futuro Kingdom Hearts III.

E agora?

Ainda confuso sobre a melhor ordem para começar a jogar? Nós recomendamos a mesma ordem presente no título recém-lançado do PlayStation 4: Kingdom Hearts I.5 + II.5 e, logo depois, a coletânea 2.8. Por quê?

Há muita história envolvida e muitos personagens a serem mostrados. Jogando na ordem de lançamento, as surpresas são maiores, causando uma sensação prazerosa. É recomendável também fazer todos os finais secretos e coletar todos os documentos, assim será possível saber muito mais do que de fato é mostrado.

Até a próxima!