Foi-se o tempo em que escolher uma TV era tarefa simples. Com o advento dos consoles com suporte ao 4K e ao HDR, é necessário levar vários parâmetros em consideração, principalmente se você deseja maximizar a utilização do televisor para além dos videogames. Escolher a melhor TV 4K para o PS4 Pro não é fácil.

Mas não é tão complicado assim. Definindo corretamente todos os requisitos, sabendo quais são as reais necessidades e quais são as tecnologias e seus propósitos, tudo fica bem mais fácil. O mais importante no momento de comprar uma TV 4K é ter um conhecimento bastante consolidado sobre tudo que envolve estes novos aparelhos.

No final das contas, aquela sopa de letrinhas: RGBW, OLED, Input LAG, HDR 10 e sistemas operacionais não assustam tanto.

O propósito deste guia é capacitar você a escolher a melhor opção para sua realidade. Ao final, você terá compreendido quais são as principais características que definem uma boa ou má TV 4K.

Este guia está estruturado em partes, com isso a organização de ideias ficará mais clara. Então vamos lá!

Telas

Os três modelos de painéis mais comum atualmente são: LCD, LED e OLED. Vamos conhecê-los um pouco mais:

  • LCD: É a tradicional “Tela de Cristal Líquido”. Dentro das telas – são várias camadas – ficam os cristais que quando energizados emitem as cores.
  • LED: No lugar de cristais líquidos, utiliza-se diodos emissores de luz.
  • OLED: É a evolução do LED. Os diodos emissores de luz, neste caso, são orgânicos e capazes de controlar a própria luz. Pixels autoiluminados.
  • QLED: É uma tecnologia aprimorada pela Samsung baseada em pontos quânticos ao invés de orgânicos.
TV 4K para o PS4 Pro: OLED
OLED tem cores mais vivas.

A vantagem do LCD é seu preço muito mais acessível. Em contrapartida, as tecnologias de LED oferecem cores mais bonitas, são mais econômicas sendo que as OLED e QLED oferecem menos alterações na imagem de acordo com ângulo do espectador.

Neste ponto, é importante ficar atento a um item especial. RGB e RGBW. São dois padrões utilizados para formação dos pixels.

  • Nas modelos certificados, um pixel (um ponto com uma determinada cor) é formado pela mistura de três cores (red, green e blue).
  • No RGBW, uma das cores primárias é substituída pelo branco (W), o que faz com que o pixel não seja totalmente formado pela mescla das três cores. Modelos com esta tecnologia perdem em qualidade, consideravelmente.
TV 4K para o PS4 Pro: RGBW
Fuja do RGBW!

Formato da Tela

Existem duas opções: plana e curva. As vantagens e desvantagens de cada uma não são tão preponderantes para escolha, ficando mais no aspecto pessoal-estético.

As fabricantes de tela curva argumentam que nestes modelos o campo de visão é maior, além de uma melhor sensação de profundidade. Porém, é necessário que o jogador-espectador se posicione mais ao centro e há alguns metros.

TV 4K para o PS4 Pro: Telas
Telas curvas, supostamente, proporcionam maior imersão em virtude do campo de visão.

A tela plana se sobressai por ser bem mais barata. Mas novamente, a decisão se resume a gosto pessoal.

Input LAG

Para os jogadores, este é um parâmetro importantíssimo no momento de escolher um novo monitor para jogos. Em resumo: Input Lag é o tempo que sua ação (pressionar o botão, dar um tiro, saltar) leva para ser reproduzida na TV.

Na real, envolve muitas outras coisas além da TV como: otimização da programação, tempo de processamento da placa gráfica, etc. Mas é fundamental que o display reproduza a ação o mais rápido possível.

TV 4K para o PS4 Pro: Input Lag
Quanto menor for o Input Lag, mais rápida é a resposta na tela.

O Input Lag é medido milésimos de segundos (ms) e, em geral, a cada 15ms, perde-se um quadro (frame). Em outras palavras, pode significar o tempo entre uma vitória ou derrota. A regra geral é buscar o menor retardo possível, principalmente se você for um jogador extremamente competitivo.

Uma excelente maneira de consultar qual o Input Lag da sua TV-Monitor é conferir a base de dados do site Display Lag. É possível filtrar por várias categorias e conferir diversos modelos de TV. Não deixe de consulta-lo!

Além disso, fica aqui uma tabelinha simplificada:

Valores em milissegundosQualificaçãoDescrição
menor que 20msExcelenteEste é o melhor cenário, utilizado inclusive em campeonatos de eSports.
entre 20ms e 41ms Muito BomMuito bom até para partidas competitivas em multiplayer. Pouquíssimas pessoas são capazes de perceber LAG nesta faixa.
entre 41ms e < 60msMédioAqui os gargalos começam a aparecer mais claramente, principalmente em jogos multiplayer. As experiências single-player ainda ‘sobrevivem’ sem muitas consequências, mas as competitivas são afetadas. Ainda assim, os gamers mais casuais não sofrem tanto.
maior que 60ms RuimAcima de 60ms até os jogos single-player começam a apresentar lentidão. Você percebe, por exemplo, que o personagem parece “pesado”.

Frequência

Outro aspecto que deve ser criteriosamente analisado. A Taxa de Atualização (hertz) indica quantas vezes por segundo a tela é atualizada. 30 Hz, por exemplo, indica que a TV consegue exibir 30 quadros por segundo.

Neste sentido: quanto maior a frequência, mais suave e fluída é transição entre os quadros da imagem. Em jogos repletos de ação ou mesmo com muita velocidade, as diferenças são visíveis facilmente.

TV 4K para o PS4 Pro: hertz
Frequências nativas mais altos tornam o gameplay mais fluído.

O recomendado são frequências entre 120 Hz a 240 Hz. Poderia ser, obviamente, acima disso, mas em valores acima de 240 Hz o olho humano é incapaz de perceber qualquer diferença, além do preço ser muito mais salgado, o que acaba não justificando a relação custo vs. benefício.

Mas fique atento!

No momento de comprar uma TV, procure pela frequência nativa. Muitos fabricantes informam que conseguem 120 Hz ou mesmo 240 Hz via software. Não caia nessa nesta! Cuidado com os aparelhos vendidos como 120 Hz, mas que na verdade são de 60 Hz.

E na verdade não existe mágica. Frequências nativas mais altas são mais caras. Se você encontrar uma TV com uma suposta alta taxa de atualização por um precinho camarada, desconfie imediatamente.

Modo Jogo

Incluso na grande maioria das novas TVs 4K, o Modo Jogo é um aliado muito importante para os jogadores. Quando ativado, o Game Mode desabilita alguns recursos de processamento da TV que não são tão necessários em jogos. Em contrapartida, ganha-se em desempenho e reduz consideravelmente o Input LAG.

HDR

Nem toda TV 4K é HDR. Por isso, fique esperto na pesquisa. Vale lembrar que High Dinamic Range é um padrão de tecnologia que permite ganhos na qualidade das imagens. Em essência, tratam-se de melhores contrastes nas imagens. Melhorias nos tons escuros e claros fazem com que a ilustração fique mais viva e realista.

Nem todos os jogos contam com suporte ao HDR. É necessário que os estúdios lancem updates de compatibilidade. Aproveite para conferir a lista de jogos que já contam com este recurso no PS4 Pro.

E vale esclarecimentos.

  1. Existem duas tecnologias de HDR – HDR 10 e o Dolby Vision – a primeira delas é mais popular e atualmente usada no PS4. Já o Dolby Vision, apesar de ser melhor em qualidade, ainda é mais caro e a grande maioria das TVs não contam com ele. TVs com Dolby Vision suportam também o HDR 10, já o inverso não.
  2. Muitas TVs não suportam Modo Jogo em conjunto com HDR.

Além disso, é preciso ficar atento as nomenclaturas e descrições. Cada fabricante opta por usar um nome pomposo para sua tecnologia de HDR. E aqui reside uma “emboscada”. Muitos aparelhos, principalmente os de entrada, não possuem o HDR Real. Por isso, na hora de investigar, você deve procurar por palavras-chave como HDR Premium.

TV 4K para o PS4 Pro: UHD Alliance
Procure por este selo.

Uma boa estratégia é procurar pelo selo “Ultra HD Premium”, que identifica que aquele televisor é certificado pela UHD Alliance, um consórcio de fabricantes que especifica padrões técnicos que uma TV deve atender para oferecer uma experiência 4K premium real.

Se você quiser se aprofundar um pouco mais sobre o que faz com que uma TV seja certificada pela UHD Alliance, recomendamos a leitura deste artigo do site Trusted Reviews.

Sistemas Operacionais

O último item, apesar de importante, acaba por não influenciar tanto na decisão final. Cada fabricante usa um sistema operacional diferente. A Samsung o Tizen, a Sony o Android TV, a LG o webOS e o Firefox OS é empregado em alguns modelos da Panasonic.

As opções da LG e Samsung são os mais utilizados em virtude da penetração destas marcas. Ambos são muitos bons. Já o Android TV pode vir a ser uma ótima opção mais a longo prazo. O sistema da Google ainda não é tão consolidado por não estar adaptado a todos os modelos de TV, mas a possibilidade de se instalar Apps da Google Play é um diferencial bem bacana.

TV 4K para o PS4 Pro: AndroidTV
TVs da Sony contam com AndroidTV

TV 4K para o PS4 Pro deve…

Agora que já conhecemos as principais características, chegou o momento de definirmos um gabarito. A partir dele, você será capaz de avaliar se aquela TV que você tanto namora é boa ou não para seu PS4 Pro.

Lembrando que este guia não vai lhe apontar quais são as melhores opções do mercado, mas sim, lhe a ajudar a escolher uma ideal para sua realidade.

A TV 4K ideal deve ter:

TelaOLED (RGB)
Formato da TelaIndiferente
Input Lag> 20 ms e < 41
Frequência Nativa120 Hz ou 240 Hz
Modo JogoObrigatório
HDRHDR 10 (Premium)
Sistema OperacionalIndiferente

Você deve evitar

Tão importante como escolher o modelo certo, é não optar pelo modelo errado. Por isso, recomendamos que você evite os modelos de entrada, pois muitos deles não irão entregar uma boa qualidade.

Evite:

  • Frequência de 60 Hz (tome cuidado com frequências emuladas. Pesquisa sempre pelos valores nativos);
  • Telas menores;
  • RGBW;
  • Input Lag acima de 41;
  • Dolby Vision (uma excelente tecnologia, mas ainda é muito caro).

É claro que cada gamer tem uma realidade financeira, mas se você pretende adquirir uma TV 4K, tente escolher um modelo que te deixe tranquilo por vários anos.

Extras

Os itens agora são opções extras. E ficam bem “ao gosto do freguês”:

  • Quantidade de entradas HDMI;
  • Tamanho de tela;
  • Conectividade wi-fi;
  • Armazenamento interno;
  • Qualidade do acabamento;
  • Entradas USB.

Indicações espertas

Agora, vão alguns links muito bacanas para você ler avaliações muito consistentes de TVs. Muitos sites como RT Ratings produzem excelentes reviews de TVs. Se você tem dúvidas sobre um determinado modelo, vale a pena dar uma olhada.

Gostou de um modelo de TV em especial? Use aquela tabelinha que elaboramos anteriormente e, em paralelo, veja no RT Ratings sua análise. Aproveite para compartilhar conosco seus conhecimentos. O que você recomenda no momento de comprar uma TV nova?