O PlayStation 4, como qualquer equipamento eletrônico, é sensível aos problemas relacionados a energia elétrica. Infelizmente, em vários estados brasileiros, a qualidade da energia é bem inferior a recomendada. Por isso, é recomendado o uso de algum equipamento para protegê-lo.

Muitas dúvidas surgem no momento de escolher a proteção ideal para o PlayStation 4: estabilizador, nobreak, filtro de linha, ou nenhum dos três? Afinal, o que é melhor?

Provavelmente você já tenha ouvido algo sobre a recomendação do uso destes equipamentos mas sem conseguir entender se eles realmente cumprirão o papel que propõem.

Por isso, explicaremos de forma mais clara sobre a proposta de cada um dos dispositivos e avaliar se estão aptos para proteção do PlayStation 4.

Estabilizador

Os estabilizadores estão bem longe de cumprirem bem seu papel quando o assunto é proteção. Em teoria, o equipamento deveria funcionar estabilizando a tensão fornecida pela rede antes de “entregá-la” ao PlayStation 4. Porém, não é bem assim que acontece.

Internamente, os estabilizadores são compostos por um transformador com diversas saídas com diferentes níveis (valores) de tensão. Ao “sentir” uma alteração (seja queda ou aumento) na voltagem fornecida pela rede, uma chave seletora interna (chamada relé) seleciona uma posição do transformador para compensar essa diferença, fazendo com que o valor da saída permaneça o mesmo: 110 ou 220 V.

diagrama _estabilizador

Porém, o tempo que ele leva para selecionar a melhor tensão de saída) pode variar de 8 a 9 milissegundos, neste curto período de tempo, o fornecimento de energia a fonte do console é interrompido. Pode parecer bem pouco, mas este curto período pode causar danos aos componentes eletrônicos do equipamento.

Como a tensão da rede nunca é estável, essa seleção ocorre várias vezes, por isso se ouve inúmeros “tlacs”. Todas as vezes que isso acontece, a corrente elétrica é interrompida e religada na bobina (transformador) gerando surtos de tensão que surgem no circuito eletrônico, e são prejudiciais aos equipamentos.

Outro ponto é a tensão fornecida, que pode não ser a ideal, já que não há posições suficientes no transformador, que é limitado. Além disso, todos os consoles PlayStation 4 fabricados desde o início, são bivolt (funcionam em tomadas 110 ou 220V), dispensando o uso do equipamento como transformador.

imagem 1 - fonte interna PS4

O equipamento também não fornece proteção para outros problemas de qualidade de energia, como ruídos e distorções e pode ainda amplificá-los, tornando a energia entregue ao equipamento ainda pior que a fornecida pela concessionária.

Outro fator agravante é a possibilidade de conectar mais de um equipamento no mesmo estabilizador. O estabilizador possui apenas um fusível de proteção, que possui um valor nominal de corrente maior que a indicada para suportar todos os equipamentos conectados a ele. Desta forma, impossibilitando que ele queime ao invés dos aparelhos em caso de um surto de corrente elétrica.

estabilizador

Em resumo: os estabilizadores não são adequados para o PlayStation 4 ou outros equipamentos eletrônicos como modens, computadores, televisores, etc e seu uso pode causar danos aos equipamentos.

Nobreak

Os nobreaks oferecem uma solução completa no quesito proteção, por contarem com uma bateria interna. Esta fornecerá energia para o console conectado ao equipamento por um curto período, até que o usuário desligue corretamente.

Diferente do estabilizador, o nobreak adequado não realiza chaveamentos de tensão, portanto não conta com os problemas encontrados nos estabilizadores. Entretanto, existem vários tipos disponíveis no mercado, fazendo-se necessário observar alguns pontos importantes no momento da compra.

Os modelos mais baratos, os chamados nobreak offline não são os mais indicados para tal uso, devido a forma de onda na saída e do chaveamento.

nobreak-line-interactive

Explicando melhor: caso a energia acabe, o nobreak chaveará o fornecimento de energia para a bateria. Porém, a forma de onda fornecida pela bateria é diferente da que chega na tomada, e essa diferença pode ser nociva para o PlayStation 4 e televisores.

no break online dupla conversão

O modelo ideal de nobreak é o online de dupla conversão, ou conhecido como “nobreak senoidal puro”, onde toda energia passa antes pela bateria e possui um inversor na saída que converte a forma de onda da bateria para uma senoide. Desta forma a saída sempre tem uma forma de onda senoidal pura, corrigindo até os problemas da qualidade de energia que possam estar presentes na rede.

Nobreak-online-dupla-conversao

Este tipo de nobreak possui um único contra: é um modelo mais caro que os mais convencionais, devido a presença do principal componente: o inversor.

Em resumo: o nobreak online de dupla conversão (senoidal puro) oferece a melhor e mais completa solução em proteção para o PlayStation 4 por entregar uma energia de melhor qualidade ao console, tenho como ponto negativo apenas o preço elevado.

Filtros de linha

Uma solução que mais simples e mais econômica são os filtros de linha. A grande maioria oferece proteção contra surtos de tensão, como por exemplo descargas atmosféricas que poderiam danificar ou mesmo queimar o PlayStation 4.

filtro de linha

Cuidado: filtro de linha não são aquelas réguas de baixo custo que possuem apenas um fusível e vários espaços para conectar os equipamentos. Estas extensões não oferecem grande proteção.

No momento de escolher o melhor equipamento, procure pelos que oferecem suporte de filtragem eletromagnética, que impedem que grandes ruídos como os gerados por liquidificadores, centrífugas, etc, cheguem ao console.

Mas, se não há condições de investir em um bom nobreak ou filtro de linha, o que fazer?

Neste caso o melhor é não utilizar nenhuma proteção externa e redobrar o cuidado com descargas atmosféricas, desligando o PS4 e desconectando da tomada sempre que tempestades estiverem na previsão do tempo. Não utilizar nada é melhor do que utilizar equipamentos de baixa qualidade que poderão prejudicar o PlayStation 4.