Decifrar a mente de Hideo Kojima é difícil, mas ele pediu que continuemos tentando adivinhar o enredo de Death Stranding. Muitos fãs vêm criando teorias e analisando os trailers divulgados até agora para entender do que se trata o game. E o Meu PS4 reuniu algumas delas, para os nossos leitores darem as suas opiniões e também entrarem nesta brincadeira. Será que alguém vai acertar o palpite?

Além das presenças de Norman Reedus, Guillermo del Toro e Mads Mikkelsen, e da confirmação de uma engine feita em parceria com a Guerrilla Games, não sabemos muita coisa oficialmente de Death Stranding. Mas já há alguns pontos que podemos analisar e teorias bem bacanas rolando na web.

Confira abaixo alguns tópicos e teorias sobre Death Stranding

Nome de duplo sentido

“Death” significa morte em inglês, e isso a maioria já sabe. Mas e “Stranding”? Pois bem, essa palavra pode ter alguns significados, e dois deles devem estar ligados diretamente ao jogo. O primeiro é que o substantivo “strand” significa fio; cordão. Porém, o verbo “strand” é “fracassar”, ou “encalhar”. Basta assistir aos trailers para entender como o nome faz sentido.

death-stranding_1

Afinal, todos os personagens têm fios que os ligam a coisas que parecem importantes. Norman Reedus no primeiro trailer se liga a um bebê. No segundo, há cordões para todos os lados: nos aviões, no tanque, nos soldados-caveira, em Guillermo del Toro, em Mads Mikkelsen… Mas também há animais encalhados – dando a ideia do outro significado da palavra.

Tweets de Kojima

Em junho, Hideo publicou uma série de tweets falando sobre o jogo, após seu primeiro trailer ter sido divulgado. Foram nove publicações. Dentre suas principais palavras, ele prometeu que Death Stranding trará um novo olhar sobre a morte e será um jogo com um gênero próprio. 

Mais do que isso, Hideo disse que dois conceitos são fundamentais para o jogo: “bastão” e “corda”. Sendo o primeiro, claro, uma forma de atacar os inimigos, e o segundo uma de se juntar a outras pessoas. Literalmente.

O bastão ajudou o homem a se manter longe de problemas e a evoluir o macaco para homem. A corda nos ajuda a capturar e amarrar o que é importante para nós (…). Você vai usar o bastão no nosso jogo, mas não é só isso; como você vai usar a corda para se conectar às pessoas do mundo? – indagou.

Primeiro trailer

Lançado em junho de 2016, o primeiro trailer de Death Stranding tem 3:18 minutos de duração e é estrelado por Norman Reedus. Nele, o ator aparece pelado em uma praia, rodeado de um líquido preto e criaturas mortas. Além disso, está ligado, por um cordão, a um bebê. Pouco depois, a criança some, as mãos dele ficam pretas e uma série de marcas de mãos com o líquido preto aparece. Ao fim, cinco criaturas descem do céu.

Segundo Trailer

Lançado em 1 de dezembro, no The Game Awards 2016, o segundo trailer tem pouco menos de 5 minutos de duração. Ele também mostra um cenário com animais aquáticos mortos e o óleo preto do primeiro trailer. As imagens são de uma guerra, com tanque, aviões, soldados-caveira… Todos com os seus “cordões”. Em meio a isso, Guillermo del Toro carrega um bebê em uma máquina. No fim, Mads Mikkelsen aparece como um general do mal querendo este bebê.

Trilhas Sonoras

As trilhas de ambos os trailers foram escolhidas a dedo por Kojima. No primeiro, “I’ll Keep Coming” (uma expressão que significa algo como “Vou continuar tentando” ou “Vou continuar insistindo”). No segundo, uma versão especial revelada na PSX 2016 teve o background de “Easy Way Out” (que significa “O caminho mais fácil”). As faixas são do grupo Low Roar.

Aqui a coisa começa a ficar interessante, porque Kojima disse que as letras das duas músicas dizem muita coisa. A primeira parece indicar que o personagem de Norman continuará lutando por algo – provavelmente, o bebê que foi tomado dele. A segunda mostra que talvez Del Toro não esteja protegendo o bebê que está na capsula, e sim negociando-o com Mikkelsen.

Poema

A primeira imagem do primeiro trailer de Death Stranding é um trecho do famoso poema “Augúrios da Inocência”, do grande escritor britânico William Blake: “Ver o mundo como um grão de areia, e o paraíso em uma flor selvagem. Segurar o infinito na palma de sua mão e a eternidade em uma hora”.

death-stranding_2

As belas palavras de Blake são a introdução de um texto que fala das consequências dos atos dos homens. Segundo a BBC, o poema critica a injustiças e reflete sobre a necessidade de igualdade e liberdade. Mas tudo isso usando metáforas relacionadas ao mundo animal e falando de um “Julgamento Final”.

Desastre Ambiental

Pegando o gancho do poema, uma das teorias é de que Death Stranding fala sobre um desastre ambiental. Como se não bastasse o que escreveu William Blake, o significado de “encalhado” no título do jogo e as cenas de diversos animais mortos são indícios de que esta é uma grande possibilidade. Muitas teorias sobre o game pensam nisso como um background para sua história.

death-stranding_3

É impossível não fazer uma ligação entre o óleo preto que aparece nos trailers e, claro, o petróleo que está localizado em abundância no fundo dos oceanos – e cujo processo de exploração é maléfico para muitas espécies marítimas. Quem sabe uma corrida pelo petróleo e sua exploração excessiva não geraram o mundo pós-apocalíptico que vimos nos trailers de Death Stranding?

Viagem no tempo

Outro conceito que está bastante presente nas discussões sobre Death Stranding nos fóruns online é o de viagem no tempo. Para muita gente, está óbvio que o jogo vai ter relação com isso. E os indícios, de fato, são muitos. A começar pelo desaparecimento do bebê do primeiro trailer (será ele nas mãos de Del Toro no segundo?).

death-stranding_4

Além disso, Mads Mikkelsen tem roupas super modernas, enquanto seu exército é todo feito de caveiras com uniformes e roupas da II Guerra Mundial – assim como os aviões e tanques que aparecem no trailer. Inclusive, há uma frase em alemão no começo dele, que parece sair de um rádio de comunicação.

Bebês, bonecos e Norman

Norman Reedus tem uma cicatriz na barriga igualzinha a do boneco que aparece no segundo trailer e toca no pé de Mads Mikkelsen, fazendo com que ele modifique sua aparência. O que isso significa? Nós ainda não sabemos, mas esse mesmo boneco, quando toca no vilão, faz um movimento com os olhos igual ao do bebê que está na mão de Del Toro quando ele liga sua “cápsula”.

Há diversas teorias sobre isso, mas a principal é de que o bebê de Del Toro seja o que foi roubado de Norman. O motivo para isso ninguém sabe, mas pode ser que ele seja algum tipo de salvador para o desastre em que a Terra se encontra. A princípio, parece que Del Toro estaria o protegendo, mas com a dica da música e um olhar atento a sua expressão facial, é fácil imaginar que ele pode estar indo entregá-lo para Mads.

Bebê teletransporta?

Há algumas pessoas falando, e compartilhando, uma imagem como a que postamos abaixo e um link de um YouTube Doubler comparando os dois trailers. Neste vídeo, é possível ver o bebê deixando as mãos de Norman no primeiro trailer e “indo” parar na cápsula que está com Del Toro no segundo.

death_stranding_7

É incrível, de fato, e pode até ser que seja o que vai acontecer no jogo, mas é muito importante frisar que esta sincronização não é exata. Os vídeos estão editados, sem estarem em suas versões originais. Caso estivessem, a sincronia não seria exata da maneira como vem sendo divulgada.

De qualquer forma, muita gente acredita que haja, sim, duas realidades, ou mundos, diferentes nestes trailers. E também que o bebê é o mesmo nas duas cenas e foi sim tirado das mãos do protagonista. Ou seja, a teoria do teletransporte é crível, porém o “mashup” dos trailers não é com os vídeos originais.

Teoria 1: Cavaleiros do Apocalipse

O Apocalipse parece ser algo certo em Death Stranding. E uma das teorias indica que o jogo será anunciado em quatro partes, como os Cavaleiros do Apocalipse. As primeiras duas indicam os dois primeiros Cavaleiros, Peste e Guerra. Faltariam para um futuro na divulgação do game, a Fome e a Morte.

A Peste tem a cor preta, indicada pelo óleo presente no trailer, e claro, mata diversas formas de vida do planeta. A Guerra tem a cor vermelha, que é muito evidente neste segundo trailer, em Mads e no boneco que vai até ele, e toda a temática do vídeo tem foco na guerra, com saldados, tanque, aviões, etc.

Teoria 2: Sete Trombetas

As Sete Trombetas Apocalípticas foram tocadas por sete anjos antes da revelação de Jesus Cristo para João. E, segundo outra teoria, podem estar presentes neste mundo pós-apocalíptico imaginado pelos fãs para Death Stranding. O indicativo disso seriam “cinco anjos” descendo do céu no fim do primeiro trailer.

Seria, portanto, a Quinta Trombeta, que fala justamente de uma praga. E no segundo trailer, haveria uma referência à Sexta Trombeta, que diz que um anjo (Mads) soltaria outros quatro (os soldados do trailer) para “matarem a terça parte dos homens”. Para a teoria, a ideia seria de que a sétima trombeta, o Apocalipse final, está perto, e Norman Reedus seria o responsável por fazer com que ela não toque.

Teoria 3: Limbo Sci-Fi

Continuando com as referências bíblicas, uma teoria diz que Death Stranding se passa no Limbo. “Um lugar fora dos limites do céu, onde se vive de forma esquecida e sem a visão plena da eternidade e privado da visão beatificada de Deus”. E bebês são muito ligados ao Limbo, o que se encaixa nos conceitos dos trailers até agora.

Mas não seria simplesmente o Limbo, ou o Purgatório (são coisas diferentes), mas sim um ambiente sci-fi inspirado neles. Aliens teriam usado a tecnologia para reviver tudo ali, e por isso, por exemplo, o boneco do bebê tenha uma reação igual a do bebê. Um limbo tecnológico povoado por clones, máquinas e extraterrestres. Será?

Teoria 4: Mitologia Nórdica

Na mitologia nórdica, segundo esta teoria, os deuses viajam por mundos usando uma ponte (bridge, em inglês, nome que está no uniforme do personagem de Del Toro no segundo trailer) mágica semelhante a um arco-íris (que aparece de cabeça pra baixo no mesmo segundo trailer).

Além disso, o bebê e a boneca abrem só um olho – Odin, deus norueguês, morreu e no submundo aprendeu a arte das runas. Para adquirir mais conhecimento, sacrificou um de seus olhos. E se a teoria estiver correta, os trailers mostram o Hel (equivalente ao limbo) no primeiro e os Einherjar, guerreiros mortos de Odin.

Teoria 5: “O Vazamento”

(ALERTA: POSSÍVEIS SPOILERS)

Todas estas teorias anteriores são de fãs do jogo, que analisaram os vídeos e deram as suas impressões. Esta aqui não. É um suposto vazamento de uma pessoas que estaria envolvida com a produção do game. Publicado no 4chan e apagado uma hora depois (mas o print está aqui), ainda no final de novembro, este leak fala de muitas coisas de Death Stranding, inclusive toda a sua trama. 

Se for verdade, a ideia é bem bacana. E alguns detalhes do post foram confirmados dias depois – como a presença de Mads Mikkelsen como um antagonista de Norman, além de uma personagem feminina. Hideo Kojima falou sobre os dois temas na PSX 2016, no último final de semana. Mas vamos à teoria, que tentaremos resumir de um modo simples, mas completo, para vocês.

Segundo o leak, Death Stranding terá um quê de Adão e Eva. Inclusive, estes seriam os nomes dos protagonistas, Norman Reedus e uma atriz ainda não revelada. Mas com um grande toque de The Time Wanderers, clássico livro russo no qual Kojima teria buscado inspiração para o jogo

Nele, a sociedade secreta Ludens tem pessoas com poderes mentais acima do normal, que começam a fazer experimentos com os humanos comuns e se acham em situação de superioridade a eles. Mas Homo Ludens também é um termo relacionado a games – significa o homem que joga. Qual o nome do mascote da Kojima Productions? Ludens. 

death-stranding_5

Em carta emocionada aos fãs, inclusive, Kojima disse que “somos todos Homo Ludens”.  Na época, Kojima negou que ele fosse um personagem de Death Stranding – mas este suposto vazamento diz que ele tem total relação com o jogo. Basicamente, aliás, Death Stranding é a história de como nasceu Ludens. Vale lembrar que no seu pôster de divulgação, vimos a frase “I’ll Keep Coming”, da música do primeiro trailer do jogo.

O que aconteceria no game é o seguinte: um acidente catastrófico arrasaria o planeta e começaria com Norman em um flashback. Ele estaria imune ao que houve por ter ido ao espaço para uma missão na época. No entanto, o jogador não sabe se isso é real ou se ele está em coma até o final do game. Neste meio tempo, Adão vai atrás de seu filho (o bebê do trailer), que foi tirado dele pelos Ludens. 

Estes são “anjos”, que transcendem a humanidade e têm diferentes interesses para o mundo. Eva, esposa do personagem de Norman Reedus, não seria sua companheira, mas sim uma rival na aventura. Ela teria uma roupa toda preta e mais aterrorizante do que Mads, além de estar grávida. O objetivo é derrotar todos os Ludens (Mads é um deles), que seriam os seres que aparecem do céu no primeiro trailer, e salvar o bebê.

Porém, com um plot twist no final: o protagonista também viraria um Luden após matar todos os cinco já existentes – porém, o motivo disso, que segundo o responsável pelo vazamento é o grande destaque do jogo, foi mantido em segredo. Ele também diz para que os jogadores fiquem muito atentos ao que aparecerá após os créditos do game – será que teremos uma continuação de Death Stranding?

death-stranding_6

Ainda de acordo com o vazamento, o jogo terá mais ação e aventura do que stealh, o número de personagens é grande, há elementos de terror e será necessário fazer um trabalho de muita exploração. A ideia, inclusive, é que os jogadores se unam em uma comunidade global para se ajudarem na descoberta de pistas – o conceito da “corda” dito por Kojima no tweet aparece aqui.

Vale lembrar, porém, que nada disso foi confirmado e que Death Stranding só deverá ser lançado em alguns anos. Fala-se em último trimestre de 2018, porém não vai ser nenhuma surpresa se ele só sair em 2019 ou 2020. Portanto, muitas teorias deverão surgir no futuro. Ainda mais com a certeza de que novos trailers virão em um futuro não tão distante. Quem sabe na E3 2017, por exemplo?