Muita gente está na dúvida sobre comprar o PlayStation 4 ou esperar o PlayStation 5, e o Meu PS4 já falou sobre isso aqui. Mas, afinal, por que tanta gente já fala no PlayStation 5 se ainda não houve nenhum anúncio oficial sobre ele? O que já sabemos até agora, para estarmos tão confiantes de que veremos algo sobre o console em breve?

Bom, é verdade que a Sony ainda não falou nada sobre a próxima geração, mas há vários rumores circulando por aí. E, normalmente, onde há fumaça, há fogo. Por isso, reuniremos aqui as principais especulações em torno do provável novo videogame. Será que o anúncio acontecerá mesmo nos próximos meses?

Retrocompatibilidade

No fim de 2018, vimos a Sony registrar e atualizar uma patente de uma tecnologia com toda a cara de que o PS5 terá retrocompatibilidade. É bom lembrar que a empresa tem um histórico pouco favorável do recurso, então seria surpreendente vê-lo no novo console – mas ela também já disse ser contra o crossplay deu no que deu.

Agora em 2019, uma patente semelhante foi registrada no Japão. A descrição de como a tecnologia funcionaria é bem clara: o aparelho conseguiria identificar se o jogo é uma “aplicação legada”, ou seja, de um console anterior, e então criaria uma nova ID para o game rodar no modelo atual.

PS5 Retrocompatibilidade

Ainda não há confirmação de que isso seria usado no PS5, ou em algum outro produto da Sony, já que diversas patentes são criadas e registradas, mas nunca saem do papel. De qualquer forma, faz total sentido criar uma tecnologia com essas características pensando em adicionar a retrocompatibilidade ao PlayStation 5.

Especialmente para fazer com que o line-up de lançamento dele seja mais relevante do que o do PS4. Em 2013 e início de 2014, eram poucas as opções de bons jogos para o então recém lançado PlayStation 4. Caso migre toda a biblioteca atual dele para o PS5, isso não acontecerá com o novo console.

Processador

Mark Cerny, grande responsável pelo PlayStation 4, rodou por estúdios do mundo todo para entender o que os desenvolvedores gostariam de ver no novo PlayStation. Depois disso, começou a conversar com a AMD para trabalhar em um processador que tivesse capacidade de atender aos pedidos – a própria fabricante confirmou o desenvolvimento.

Lisa Su, CEO da companhia, disse não só estar trabalhando com a Sony como também com a Microsoft para a nova geração. Para ela, “as pessoas precisam de maior poder de processamento” nos consoles. E, ao que tudo indica, é o que vai acontecer. As specs do suposto processador que foram vazadas são animadoras.

Já havia o rumor de que a Sony usaria a arquitetura AMD Navi, customizada para o seu novo aparelho. As principais especificações decifradas a partir de um suposto código de referência são de que ele tem um CPU com oito núcleos físicos, com velocidade de 3.2 GHz para o chip e PCI-ID – indicando justamente uma GPU Navi 10Lite.

Portanto, o PlayStation 5, caso os rumores se confirmem, será bem mais potente do que o PS4 Pro. Supondo que ele use um núcleo Zen+, poderia haver 16 threads de poder de processamento dentro do console. E com seus 3.2GHz de boost clock, ele teria mais de 1GHz a mais do que os 2.13GHz do Pro. 

Sobre a GPU, a maior especulação é de que ela teria 1GHz, baseando-se no tal código vazado. Comparando isso aos 911MHz do PS4 Pro, é mais um avanço significativo do PS5, que teria um processamento gráfico mais rápido em termos de frequência – mas com uma estrutura bem menor e mais econômica.

Resta apenas saber se vai ser possível entregar experiências realmente de alto nível, como com resolução 4K e 60fps. Há quem diga que não. Alguns especialistas creem que essa geração será mais sobre novas funcionalidades do que as melhorias visuais. Até porque o nível gráfico atual já é bem satisfatório.

Dev Kit

O CEO da Sony já confirmou que a companhia vê a necessidade de um novo console em breve. Analistas especializados também já disseram que a hora está chegando. E desenvolvedores revelaram que estão trabalhando em projetos de games para o PS5. Mas o leak mais interessante é sobre um suposto dev kit.

O mesmo internauta que antecipou a ausência da Sony da E3 2019 falou que algumas empresas já estão com kits de desenvolvimento do novo console – e ele é um monstro:16GB de RAM GDDR6, processador com 8 núcleos Ryzen e GPU Navi. A memória, no entanto, seria dividida: 8 GB para rodar games e 8 GB para o sistema operacional.

A informação que rola por aí é de que a maioria das grandes publishers já pode criar os seus jogos para o PlayStation 5, e a ideia é de que esses games possam, sim, rodar no console com 60fps e resolução 4K. “Os dev kits já estão por aí”, segundo analistas, mas ainda não está na hora de saber muito mais sobre o que eles estão produzindo.

PlayStation VR

Rumores apontam que a Sony vai fazer com o PSVR a mesma coisa que a Microsoft tentou com o Kinect: incluir a nova versão do óculos de realidade virtual no pacote de lançamento do PlayStation 5. O PSVR 2, portanto, seria vendido junto com o console, em um bundle que custaria US$ 100 a mais do que o preço do videogame sozinho.

O novo óculos será mais robusto do que o primeiro, com uma câmera própria e ainda uma unidade de processamento interno, tornando a conectividade do acessório muito mais eficiente. Além disso, ele também deve ganhar novos modelos de PS Move (que são os mesmos desde o PS3) e controles em formato de luvas.

Jogos

O que importa mesmo, porém, são os jogos – e vimos isso muito bem em uma geração onde exclusivos de Sony e Nintendo foram os grandes destaques. Por isso, fica aquela leve preocupação sobre quais serão os títulos que o PlayStation 5 terá como principais atrativos quando for lançado.

Nessa área, os rumores ainda se confundem um pouco. Há quem diga que The Last of Us Part II pode chegar no fim desse ano ou início do ano que vem, outros que apostem que ele só sai no final do ano que vem ou começo de 2021. Ele é o jogo mais esperado dos próximos meses/anos, e certamente chegará ao PS5 – lançamento ou remaster.

Death Stranding, por sua vez, deixou seus fãs na mão ao não aparecer no The Game Awards, mas Kojima já está mostrando o título para alguns amigos da indústria. Além disso, o jogo está em processo de localização – algo também confirmado por Kojima. Rumores apontam que ele pode chegar ainda em 2019.

Ghost of Tsushima é um mistério. Pouco se fala do game, que parece até um pouco esquecido no meio da hype pelos outros dois (porém, deve ser um jogaço). E ainda existe a possibilidade de a Sony lançar outros títulos ainda não anunciados e até as sequências de Horizon: Zero Dawn e God of War.

Lançamento

Mas e aí, quando sai o PS5? Bom, um executivo da Sony falou em “três anos”, durante entrevista concedida em 2018. Portanto, seria 2021. Só que muita gente já está falando que deve ser antes disso. Um analista japonês, por exemplo, aposta em 2019. O palpite mais comum, porém, é de anúncio em 2019 e lançamento em 2020.

Quando a Sony cancelou a participação da PlayStation na E3 2019, claro, os rumores cresceram ainda mais. Dizem que a empresa fará um evento próprio para confirmar o PlayStation 5 e, no fim do ano, retornará com a PlayStation Experience – que não teve edição 2018 – para demonstrar mais detalhes.

Então, podemos traçar 2021 como limite, 2020 como provável e 2019 como uma baita surpresa, mas não descartada. De qualquer forma, é certo que o PlayStation 4 já está no finalzinho do seu ciclo. Resta apenas aguardar as confirmações sobre como vai ser essa transição para a próxima geração.

O nome do site

Muita gente está nos perguntando que acontecerá com o Meu PS4 quando sair o PS5? Bom, isso ainda é surpresa.