Em comentários recentes, a Sony deixou claro que parte da sua estratégia de expansão pode passar pela “aquisição de estúdios”. Algo que a Microsoft, sua principal concorrente, se concentrou em fazer – e fez muito bem –  nos últimos meses.

Mas quais equipes a Sony poderia agregar ao seu menu de opções? O site europeu Push Square listou algumas “opções de compra” e aproveitamos para brincarmos junto com eles neste exercício de imaginação.

Bluepoint Games

Esta equipe já é bem conhecida dos fãs de PlayStation. Eles são os responsáveis pelas excelentes remasterizações de Shadow of the Colossus e Uncharted: The Nathan Drake Collection. Seria uma boa ideia tê-los no cardápio, certo?

Sony vai às compras! 6 estúdios que a empresa poderia adquirir 1

Housemarque

O relacionamento entre as empresas é de longa data. Resogun, Nex Machina e Matterfall são exemplos de títulos criados para o PS4. Da lista, a Housemarque é um dos estúdios que tem mais afinidade com a Sony.

Sony vai às compras! 6 estúdios que a empresa poderia adquirir 2

Insomniac Games

A plataforma PlayStation é bem conhecida da Insomniac. Spyro the Dragon, Ratchet & Clank, Resistence e o recente Marvel’s Spider-Man. São títulos muito bem avaliados pelos fãs da marca.

Mas este mesmo estúdio também trabalha em outros jogos multiplataforma. O que pode ser um pouco mais complicado no momento de sentar à mesa de negociações.

Sony vai às compras! 6 estúdios que a empresa poderia adquirir 3

Remedy Entertainment

Visitas recentes de executivos da Sony aos finlandeses e estes “passeando” pelos corredores da Naughty Dog levantam algumas suspeitas. Será que algo pode acontecer neste sentido?

Control

Supermassive Games

Outro estúdio com histórico de parcerias. Until Dawn, por exemplo, foi sucesso no PlayStation 4. A companhia também desenvolveu títulos ótimos de se jogar com o PS Move, como Star the Party e Tumble, e o PlayStation VR como Until Dawn: Rush of Blood.

Sony vai às compras! 6 estúdios que a empresa poderia adquirir 4

Kojima Productions

O estúdio do japonês pop-star saiu do papel com um empurrãozinho da Sony. Seu próximo jogo, por exemplo, até usa o motor gráfico de Horizon: Zero Dawn. A relação entre as partes parece bem calorosa.

DEATH STRANDING_TEORIA_2

Obviamente, uma operação M&A (Mergers and Acquisitions – fusões e aquisições) é muito mais complexa do que somente “vontade das partes”. Mas estas parecem ser boas opções de compra em razão do retrospecto com as plataformas PlayStation (salvo a Remedy).

E você, gostaria de ver algum estúdio em especial sob o guarda-chuvas da SIE?