Uma das partes mais curiosas de Death Stranding é quando Sam Bridges está descansando em seu quarto. Os jogadores podem fazer várias interações por lá: tomar banho, tira fotos no espelho e… beberem o energético Monster Energy. Aparentemente, a iniciativa de estampar a marca no jogo deu resultado: as ações da empresa subiram no dia em que o game foi lançado.

Um usuário do Reddit postou uma imagem mostrando que no término da última sexta-feira (8), as ações da Monster Energy fecharam em US$ 58,16, valor mais alto do mês até então. Um dia antes (7) elas estavam valendo US$ 56,64, o que representa um aumento de US$ 1,52. O gráfico financeiro da Yahoo confirma os dados.

Monster gráfico Death Stranding
Ações da Monster Energy subiram para US$ 58,16 no último dia 8 (Foto: Reddit)

No momento desta publicação, segundo o gráfico financeiro da Yahoo, as ações sofreram leve queda: US$ 58,03. De qualquer maneira, ainda são números valiosos para a companhia. Os gamer-traders, atentos ao mercado, devem ter faturado alto no Day Trade.

Em Death Stranding, Sam bebe o energético para ganhar estamina extra. Dessa forma, ele consegue percorrer distâncias maiores com cargas pesadas acopladas em suas costas.

Death Stranding
Sam parece ter ajudado a marca a ter um boost no mercado financeiro (Foto: Forbes)

Death Stranding e algumas controvérsias

Death Stranding não vem trazendo apenas flores. No Japão, a revista Famitsu está sendo questionada por fãs em razão de uma nota perfeita que o jogo recebeu em sua review. Até aí estaria tudo certo, se não fosse a presença in-game do presidente da editora, Hirokazu Hamamura. O tema está sendo debatido em fóruns nipônicos, com pessoas achando a atitude do veículo “deselegante“.

O título está disponível como exclusivo temporário de PlayStation 4. Em 2020, uma versão de PC será lançada.