A Bandai Namco divulgou nesta segunda (22), um novo comercial protagonizado pela vilã de Dragon Ball FighterZ. Nele, todo o poder da Androide 21 é colocado à mostra contra os guerreiros Z.

De acordo com as informações divulgadas anteriormente, a nova vilã foi criada exclusivamente para o título, fugindo completamente da história do anime.

Assista o comercial sobre a Androide 21 abaixo:

Embora curto, o comercial dá uma prévia do que os jogadores verão na versão final do título. Todavia, um outro vídeo mostra mais:

Com previsão de lançamento para o dia 26 de janeiro, Dragon Ball FighterZ teve sua versão beta disponibilizada na última semana para que os jogadores pudessem curtir as batalhas online. Para a infelicidade dos fãs, o modo história não estava disponível.

Só mais um pouco

Uma das maiores promessas feitas pela Arc System em relação ao novo título, era a fidelidade para com o anime. Gráficos, combates e até mesmo as cenas dramáticas estão presentes, mantendo um nível bem elevado para os fãs.

Durante a beta disponibilizada na última semana, os jogadores tiveram o (des)prazer de batalhar contra o mundo todo. As falhas de comunicação impediam que o servidor encontrasse uma partida, fazendo com que ela caísse a todo instante, expulsando os lutadores das salas.

Os defeitos presentes na beta fizeram com que a Bandai Namco estendesse o tempo de testes. Com um servidor mais estável, os jogadores puderam usufruir de batalhas mais dinâmicas e leves.

Versão definitiva?

Embora alguns ainda torçam o nariz para o novo título, Dragon Ball FighterZ provou ser um árduo trabalho da Arc System para manter-se fiel àquilo que os fãs já conhecem e claro, complementando esse conteúdo com diversas novidades.

Ainda não há informações sobre os futuros personagens que serão disponibilizados via DLC, mas espera-se que a quantidade de guerreiros se equipare a Dragon Ball Xenoverse 2.