No documentário God of War – Rising Kratos – , recém liberado no YouTube, ficamos sabendo sobre um projeto da Santa Monica que nunca viu a luz do sol. Tratava-se do projeto “Internal 7”.

O documentário revelou como as equipes de desenvolvedores tiveram que lidar com a emblemática situação. O vídeo ainda oferece os primeiros conceitos do suposto jogo. Seria um shooter futurista completamente diferente de God of War.

Imagens extraídas do documentário Raising Kratos sobre Internal 7.
Conceitos do Internal 7.

Shannon Studtiel, a chefe da Santa Monica Studios, explica que o projeto esteve em pré-produção por longos 36 meses. O desenvolvimento foi incrementado com chegada da equipe de God of War Ascension.

E, em paralelo, o estúdio já dava os primeiros passos rumo a criação de God of War (2018). Havia, portanto, dois projetos em andamento. A CEO do estúdio chamou de Santa Monica Studios 1.5, com recursos, ferramentas e desenvolvedores compartilhados no mesmo ambiente de trabalho.

No entanto, em 2014, o projeto futurista não caminhava bem. Os conceitos não conseguiam se desenvolver. Scott Rohde, vice-presidente da SIE Worldwide Studios America, disse haver muita paixão e alma na produção, mas não se convertia em resultados positivos e satisfatórios. 

Apesar da realocação conturbada dos funcionários e o corte de pessoas, o estúdio conseguiu se reorganizar diante do caos e dar continuidade devida ao reboot de Kratos.