O gênero battle royale parece mais competitivo a cada dia, mas a liderança de Fortnite ainda está distante de ser, efetivamente, ameaçada por qualquer outro player.

Muitos acreditavam que o reinado da Epic Games estava com dias contados em razão do ensurdecedor lançamento de Apex Legends, da Respawn Entertainment. Mas seus efeitos não foram – até o momento – fortes o suficiente para tal.

A própria Epic Games já afirmou que Apex Legends não fez com que a base de jogadores Fortnite fosse reduzida. Tim Sweeney, chefe-executivo da editora, afirmou que o recém-lançado ajudou a revigorar o gênero. Sweeney argumenta que muitos fãs de jogos de tiro “mais comuns” não seriam atraídos pelo estilo cartoon de Fortnite de qualquer forma. Por fim, declarou que os dois podem coexistir.

Fortnite vs FIFA

Se por um lado Apex Legends não oferece (tanto) impacto no desempenho de Fortnite, FIFA da EA Sports é uma “ameaça” bem mais real.

O executivo explicou que o jogo da EA, ainda que seja de um gênero totalmente diferente, conta com um apelo “massivo” e sua popularidade é um fator que pode fazer com que os jogadores de Fornite deixem de jogar o battle royale para experimentarem o futebol virtual.

Agora resta-nos acompanhar os movimentos da Epic Games, já que a chegada de “Fogo Cruzado” também promete chacoalhar o gênero battle royale.