A Arc System Works está trabalhando para simplificar o gameplay de Guilty Gear. A série de luta é notoriamente conhecida por ter combos bem difíceis de serem executados, algo que deve ser mudado, segundo os desenvolvedores Daisuke Ishiwatari e Akira Katano.

Ishiwatari disse em entrevista que o novo Guilty Gear terá ajustes em suas mecânicas se comparado a série Xrd. Mas isso não significa que as combinações de golpes serão automatizadas.

Ter que inserir esses ‘sistemas-iniciantes’ nos jogos, me faz perceber que eles são muito difíceis, para começar. Mantendo isso em mente, estamos pensando em como criar um jogo que não precise desses sistemas. O que fizemos na construção deste game foi tirar todos os sistemas complexos e o grande número de diferentes funções que existiam em Guilty Gear até agora, pelo menos temporariamente, e começar tudo do zero.

Katano seguiu o comentário de Ishiwatari dizendo que a Arc System Works não está fazendo um jogo para iniciantes, mas ao invés disto, apenas simplificando as coisas.

Ao invés de dizer que estamos fazendo um jogo para iniciantes, eu digo que é melhor falar que estamos o simplificando. Não posso ser muito específico ainda, mas estamos usando uma abordagem diferente nesse game para torná-lo mais fácil de ser jogado e apreciado por um público maior.

Ishiwatari ainda esclarece que Guilty Gear não perderá sua essência. Na verdade, o jogo vai expandir seu ponto de entrada para um maior público.

Estamos fazendo o ponto de entrada do game mais simples. Não estamos dizendo que vamos cortar sua essência. Neste título estamos planejando fazer o tipo de game profundo que as pessoas esperam de nós.

Trailer de Guilty Gear na TGS

Guilty Gear recebeu um trailer  na TGS. O vídeo revelou uma nova lutadora, além de dar um gostinho do gameplay com uma luta frenética entre Ky Kiske e Sol Badguy.

O novo Guilty Gear segue em desenvolvimento e ainda não tem um nome específico. O título já foi confirmado no PlayStation 4 e tem sua janela de lançamento programada para 2020.