Apesar de a Rockstar Games ter divulgado detalhes sobre vários personagens para Red Dead Redemption 2 ao longo deste último final de semana, o estúdio revelou que o game terá apenas um personagem jogável.

A variedade de personagens e a presença de John Marston na gangue Van der Linde em Red Dead Redemption 2 fizeram o público se perguntar se seria possível controlar mais alguém além do protagonista, Arthur Morgan. É algo natural de se imaginar, principalmente depois da dinâmica de trocar de personagens na campanha de GTA 5.

Porém, segundo o diretor artístico do game, Josh Bass, isso não será possível em Red Dead Redemption 2. Em entrevista ao The Hollywood Reporter, Bass afirmou que a narrativa de um Western pede o foco em um único personagem.

“Arthur vive e luta ao lado dos membros remanescentes da gangue Van der Linde e eles formam um conjunto de personagens totalmente caracterizadas, com relações entre eles e com Arthur, mas esta é a história de Arthur, e por isso decidimos colocar os jogadores na pele dele, à medida que o gangue se adapta a um mundo em rápida mudança. Imaginamos que as pessoas vão adorar a sensação de pertencer a uma gangue. É diferente de tudo o que fizemos até hoje.”

Portanto, assim como aconteceu no primeiro jogo, estaremos 100% focados na jornada de Arthur e o relacionamento com a gangue da qual faz parte.

Na mesma entrevista, o diretor destacou que “o mundo do game será mais vivo do que nunca”. Cheiro de jogo do ano. Alguém mais sentiu?

Red Dead Redemption 2 chega em 26 de outubro.