Você sabia que The Witcher começou nos livros? Pois é, e agora o criador dessa saga literária que deu origem aos games quer ganhar (mais) dinheiro por isso. Depois de ter acertado os valores e vendido os direitos da história à CD Projekt RED há alguns anos, agora ele sente que recebeu pouco e quer mais um bocadinho: 14 milhões de euros.

Os representantes do escritor alegam que aquele acordo inicial dava à desenvolvedora somente os direitos de explorar a história adaptada para o primeiro jogo da série, não para todos os produtos que vieram depois disso. Por isso, ele solicita esse pagamento adicional. Porém, não deve ser fácil convencer a CD Projekt RED disso.

Livros de The Witcher
Livros de The Witcher fazem bastante sucesso.

Segundo a empresa, as alegações do polaco Andrzej Sapkowski “não têm fundamento em relação ao seu mérito e também em relação à quantia estipulada“. Afinal, foi feito um acordo com ele anteriormente, oficializado, assinado e que dá os direitos sobre a série – não apenas um capítulo dela – à CD Projekt RED para produção de videogames.

A companhia adquiriu legalmente e legitimamente os direitos para o trabalho do senhor Andrzej Sapkowski e aplicações intelectuais, tal como é exigido para sua utilização nos videogames desenvolvidos pela companhia“, diz a CD, que promete tentar solucionar o caso de forma amigável.