A Electronic Arts anunciou, oficialmente, Battlefield V. E, durante a transmissão ao vivo sobre o jogo, na última quinta-feira (24), os desenvolvedores afirmaram que o jogo não terá season pass e nem loot boxes. A notícia surpreendeu a todos, até porque a empresa vinha utilizando esse modelo de conteúdo há algum tempo, mesmo sob muitas críticas.

Mas isso quer dizer que Battlefield V não terá microtransações? Não é bem assim… A EA irá, sim, deixar os usuários comprarem itens com dinheiro real. Afinal, essa é uma renda que vem aumentando cada vez mais em diversos jogos, e o novo BF não poderia ficar de fora disso. A questão é que não haverá mais caixas de conteúdo aleatório.

Diversos sites internacionais buscaram a EA para apurar o fato. Em e-mail enviado ao Kotaku, um representante da empresa explicou que “não há loot boxes”. Ao Polygon, a resposta foi a mesma. Só que, ao Eurogamer, Lars Gustavsson, diretor criativo de Battlefield V, afirmou que haverá, sim, compra de itens. Só que de outra forma.

Tudo o que impacta o gameplay será disponibilizado para todos. É claro que teremos itens cosméticos, que os jogadores podem desbloquear, mas também podem comprar, mas é só isso mesmo. Cosméticos é o que vamos vender – afirmou, dizendo que a ideia de acabar com season passes foi pelo feedback da comunidade, mas também um desejo dos devs.

Sempre houve muito feedback da comunidade, mas também é um desejo dos devs, porque não queremos dividir a comunidade após o lançamento do jogo. Nós lançamos conteúdos de alta qualidade no pós-lançamento, mas muita gente acabava não tendo acesso a eles, o que dividia a comunidade – destacou.

Battlefield V, que leva a franquia de volta à Segunda Guerra Mundial, chega ao PlayStation 4 em outubro.