O novo PlayStation ainda sequer foi anunciado oficialmente, mas já há uma preocupação acerca do seu preço. Isso porque os Estados Unidos e a China estão em uma “guerra” de impostos que pode afetar – e muito – a próxima geração de consoles. Vai ser difícil ver o provável PlayStation 5 custando na casa dos US$ 500 caso isso continue.

Nós já falamos sobre o assunto aqui no começo do mês. O presidente americano, Donald Trump, até adiou o início da cobrança dos novos impostos de importados da China, após manifestação contrária de Microsoft, Nintendo e Sony juntas. Contudo, nos últimos dias, intensificou-se a briga entre os países.

Por isso, o usuário Benji-Sales, do Twitter, famoso por divulgar dados de vendas e fazer análises relacionadas ao mercado de games, levantou a questão novamente. Segundo o especialista, a chance de o novo PlayStation e até mesmo do Xbox Scarlet, que já tem a sua chegada confirmada para 2020, custar menos de US$ 500 é baixa, por enquanto.

Esse valor era o que todos vinham especulando para os consoles da nova geração – e fazia sentido, pois teria um aumento de US$ 100 em relação aos modelos anteriores. O que tem justificativa, graças às inúmeras melhorias técnicas que eles receberão. O novo PlayStation, por exemplo, deve ter um SSD super rápido e uma GPU bastante potente.

Agora, porém, a expectativa é de que ele custe até mais do que isso. Afinal, a fabricação é na China, e o produto seria importado para ser comercializado nos EUA. Com os impostos de qualquer item saindo de solo chinês sendo mais altos, é bem provável que o valor final do console aumente nos Estados Unidos.

Novo PlayStation: cadê?

Mas antes desse debate todo sobre preços e importação, é preciso saber: cadê o anúncio oficial do novo PlayStation? A Microsoft revelou seu próximo console na E3, porém a Sony segue quietinha acerca do que esperamos que seja o PlayStation 5. Nem mesmo o nome está confirmado.

Até agora, o único posicionamento oficial da empresa foi aquela entrevista de Mark Cerny em abril. Desde então, houve muitos rumores, e recentemente até o visual do dev kit do console vazou (levantando a possibilidade de ele e chamar PSV, não PS5). Mas confirmar mesmo o console, até agora, nada.

Espera-se que até o fim do ano haja algum tipo de informação mais relevante, vindo da própria Sony, e que no começo de 2020 ele seja, enfim, anunciado. A tendência parece, para muitos especialistas, de um lançamento no fim do ano que vem, na mesma janela escolhida pela Microsoft para o Scarlet.