A Infinity Ward parece satisfeita com a forma que tem levado o desenvolvimento de Call of Duty: Modern Warfare. A companhia já ressaltou como o título é exatamente tudo o que deseja, e agora enfatiza a abordagem do terrorismo e situações delicadas “de forma prazerosa”.

Em entrevista ao Daily Star (via PlayStation LifeStyle), os produtores Jacob Minkoff e Joel Emslie comentaram especificamente sobre o assunto. Para eles, a violência será retratada de modo desafiador pelo estúdio. Por exemplo, a emblemática missão “No Russian” será um “filme para crianças” após o novo jogo.

Se você não está um pouco inconfortável ou não está se desafiando, então você produz apenas coisas medíocres. Se você sente algo enquanto está criando, então existe algo significativo – isso é questão de fazer com prazer.

A Infinity Ward nunca foi um estúdio “grosseiro”, mas sempre tratamos as ideias como altas aventuras, algo ao estilo Indiana Jones. Eu penso que continuamos a carregar esse traço, porém, criar algo realmente provocativo é mais memorável.

Eles mencionam na entrevista como Call of Duty: Modern Warfare será “mais realista e letal, além de apresentar uma experiência intimista”. O jogo tem data de estreia somente para 25 de outubro, mas a empresa promete revelar logo o primeiro gameplay.