Ainda que não existam planos oficiais para uma continuação de God of War, o sucesso e o próprio jogo em si deixam claro que veremos muito mais de Kratos e Atreus em terras nórdicas.

No entanto, ainda que o game dê dicas para o futuro e crie muitas expectativas, é o passado do Fantasma de Esparta que ainda deixa várias perguntas. O que aconteceu entre o final de God of War 3 e o novo título, lançado recentemente para o PlayStation 4?

Cory Barlog, o diretor do novo God of War, disse que pretende responder à esta questão no futuro em uma entrevista ao site GamingBolt:

“Esta conexão é super relevante. É uma daquelas coisas que, enquanto eu analisava, olhava para a linha do tempo e pensava nisso, este aspecto se torna muito mais interessante quando você já descobriu quem Faye (a esposa de Kratos) era”.

Barlog também deu a entender que, assim como a história de God of War se desenrola com as diversas descobertas de Atreus sobre o pai (e a mãe), a questão sobre como Kratos sobrevive ao final do terceiro jogo e vai parar em terras nórdicas deve seguir pelo mesmo caminho:

“Eu percebi que isto era importante e falamos brevemente sobre isso, Kratos aborda um pouco, mas quando compartilhamos coisas com outras pessoas, principalmente com nossos filhos, nos resguardamos um pouco. Quando sentimos que a relação está mais madura o suficiente e que estas pessoas estão prontas para ouvir o que temos a dizer – e com relação a Kratos, as coisas são bem sombrias – a jornada do personagem da Grécia até a Escandinávia é essencialmente seu fundo do poço, e ele conhece Faye neste momento. E e este relacionamento é o que o tira desta situação”.

Barlog também contou ao Gaming Bolt que ele realmente quer contar a história de como God of War 3 e este novo se conectam, mas que neste intervalo há uma série de histórias, não apenas uma: “acho que há uma trama mais abrangente aí, mas também temos outras, menores”, declarou.

Parece que temos pano para manga suficiente para mais um God of War aí, não é mesmo? Barlog quer fazer mais cinco games nesta era nórdica. Recentemente, um dos artistas da Santa Monica também falou hipoteticamente sobre uma continuação para o exclusivo do PlayStation 4: seria ainda mais grandioso.