No Man’s Sky teve um dos lançamentos mais controversos desta geração. Durante os meses seguintes à chegada do jogo, a desenvolvedora Hello Games trabalhou duro para apresentar uma “versão aprimorada” do título e manteve-se em silêncio.

O processo fez com que a empresa aprendesse uma lição valiosa com a situação: falar menos e fazer mais. Agora, seu fundador, Sean Murray, aconselha outras empresas a agirem da mesma forma.

Murray, que também dirigiu No Man’s Sky, falou recentemente sobre o cenário de algumas companhias.

Observo a EA, Microsoft ou a Bethesda tentando acalmar os jogadores apenas falando com eles. (…) Simplesmente não funciona. Isso pode ser observado toda vez em que uma grande publisher fala com a comunidade, tenta resolver o problema e acaba se atrapalhando, gerando ainda mais dor de cabeça.

Ele não cita jogos específicos, mas é fácil perceber de quais Murray fala. A EA tem tido problemas recorrentes com seu Anthem, enquanto Fallout 76 foi bastante criticado em seu lançamento ano passado, apesar de agora buscar entrar nos eixos. Em ambos os casos, as empresas acabaram “prometendo mais do que entregaram”, como aconteceu com a Hello Games.

No Man’s Sky e suas lições de vida

O executivo cita sua própria experiência com o assunto. “Ficamos dois anos sem falar com a imprensa, e três meses sem responder qualquer coisa à comunidade [de fãs], destaca. “Foi bem difícil. Várias vezes eu sentei e escrevi um post perfeito para o blog, que iria explicar tudo (…). Mas na situação em que estávamos, não tínhamos credibilidade”.

Sua visão é a necessidade do foco total na melhoria da experiência. Murray termina ressaltando um ponto bastante relevante: “ações são muito mais importantes que suas palavras”.

Após diversos problemas, No Man’s Sky parece ter achado seu caminho. O título recebeu um robusto suporte pós-lançamento, adicionando diversos recursos e corrigindo inúmeros problemas. Pelo reconhecimento ao esforço, a Hello Games ganhou até homenagem dos fãs. Agora, a empresa se prepara para o próximo grande passo, a atualização Beyond.