Parece que a liberdade tem limite até mesmo em Cyberpunk 2077. A CD Projekt RED revelou que não será possível ferir crianças ou personagens-chaves para o enredo. Contudo, as escolhas e decisões ainda estarão presentes em momentos decisivos.

A companhia respondeu um fã que questionou sobre tais possibilidades. Como se não bastasse, o diretor de missões, Mateus Tomaszkiewicz, confirmou a informação através de uma entrevista ao site USGamer.

A maneira como isso funciona no enredo principal é que existem vários personagens, sendo alguns importantes, e que você realmente não pode causar dano, a menos que decida por uma escolha narrativa específica. Nas missões secundárias, damos aos jogadores pouco mais de liberdade, porque as missões secundárias podem falhar. Portanto, há vários personagens passíveis de morte. Há uma quantidade limitada que não pode ser prejudicada. O mesmo vale para as crianças.

O aguardado Cyberpunk 2077

O título promete oferecer uma história de ação em um mundo aberto jamais visto nos videogames. Ambientado em Night City, os jogadores acompanharão V, um mercenário fora da lei atrás de implantes capazes de oferecer a chave para imortalidade.

  • JOGUE COMO UM MERCENÁRIO FORA DA LEI: torne-se um cyberpunk — um mercenário urbano equipado com melhorias cibernéticas — e construa a sua lenda nas ruas de Night City.
  • VIVA NA CIDADE DO FUTURO: entre no enorme mundo aberto de Night City, um lugar que define novos padrões no quesito de complexidade, profundidade e visual.
  • ROUBE O IMPLANTE QUE CONCEDE A VIDA ETERNA: aceite o trabalho mais arriscado da sua vida e corra atrás de um protótipo de implante com a chave da imortalidade.

O lançamento está marcado para 16 de abril de 2020 para PlayStation 4, Xbox One e PC. Recentemente, a CD Projekt detalhou outros aspectos do game, como a possibilidade de customizar sua própria garagem e a capa reversível com as versões masculina e feminina de V.