A CD Projekt RED pretende contar muitas histórias em Cyberpunk 2077. O diretor de narrativa da companhia, Marcin Blancha, revelou que o jogo tem “dois livros grossos” de diálogos com dois volumes adicionais de comentários dos diretores. É muito “blá blá blá” mesmo.

O executivo concedeu entrevista ao INN: Poland (via VGC e PlayStation LifeStyle) e comentou como Cyberpunk 2077 vai abordar diferentes tramas na jornada de V. Segundo Blancha, o jogo tem “uma escala maior que os pequenos dramas humanos vistos em The Witcher 3”.

Da nossa perspectiva, Cyberpunk 2077 é uma história de heróis que vão contra um mundo […] Evitamos neologismos, mas às vezes damos novos sentidos aos termos. Os personagens vão falar sobre “conversão total” se referindo à troca do corpo biológico para o cibernético […]

Entre meus personagens favoritos, estão um prisioneiro sonhador, uma IA que administra uma empresa de táxi e uma jovem esperta que trabalha em uma loja esotérica, mas também é enfermeira.

Cyberpunk 2077 vai ter localização brasileira

A WB Games confirmou sua parceria com a CD Projekt RED para distribuição do jogo no Brasil. A versão nacional virá com legendas e dublagem em PT-BR. Por enquanto não há detalhes sobre a escalação de atores/dubladores.

O lançamento de Cyberpunk 2077 está marcado para para 16 de abril de 2020.