O ex-diretor criativo da franquia Dead Space, Ben Wanat, revelou em uma entrevista ao Eurogamer (via IGN) que o processo de criação para Dead Space 4 já estava em andamento. O jogo contaria com protagonista feminina, exploração mais ampla e áreas mais abertas, similares a Dead Space 3.

Alerta: as linhas abaixo contam com spoilers do terceiro jogo.

O final de Dead Space 3 coloca a humanidade diante de um apocalipse. É neste cenário que o próximo jogo seria ambientado. A Visceral pretendia inserir elementos de sobrevivência ainda mais aguçados, onde seria preciso buscar por sucatas e destroços em prol da sobrevivência. O gameplay seria uma mescla de capítulos com mundo aberto.

A direção seria que você estaria tentando sobreviver, dia após dia, contra aeronaves inteiramente infestadas, buscando por um deslumbre de vida, procurando por recursos para manter sua pequena nave em funcionamento, tentando encontrar sobreviventes. A seção de embarcações no terceiro jogo nos mostrou um gameplay não-linear que amaríamos aprofundar nisso.

Quanto ao sistema de criação de armas implantado no terceiro, o diretor criativo revelou que seria preciso tomar outro rumo para a produção.

Eu gosto do que o sistema ofereceu aos jogadores criatividade para mesclarem suas armas, mas ficou muito difícil em sintonizar com a história de Isaac, com os jogadores alterando seus equipamentos. Precisaríamos de um foco em re-aperfeições o equilíbrio das armas, enquanto ainda permitiria a liberdade de criação.

Por fim, o diretor revelou que o final de Dead Space 3 abriu as portas para que uma nova história fosse contada. Segundo ele, não seria mais necessário dar continuidade à saga de Isaac. E que Ellie Langford, personagem conhecida, poderia ser a protagonista de Dead Space 4.

Com o apocalipse, as oportunidades surgiram. Não seria mais necessário  continuar a história adiante com nenhum deles. Mas eu imaginei a Ellie como protagonista de Dead Space 4.

Ben disse que a Visceral já tinha pensado em como terminar o jogo, porém, não revelou os acontecimentos a fim de evitar spoilers, caso a Electronic Arts deseje continuar com a franquia.