Ontem (17) você viu aqui que a DICE vinha enfrentando o descontentamento da comunidade a respeito de mudanças no gameplay de Battlefield V. A discussão estava centrada no TTK – tempo que se leva para matar um adversário – que havia sido aumentado. Ou seja, eram necessários mais tiros para se abater um soldado inimigo.

A mudança, segundo os desenvolvedores, era para tornar o jogo mais amigável para os novatos, fazendo com que eles – supostamente – tivessem mais tempo de reação e, consequentemente, sobrevivessem mais durante os tiroteios.

Ainda que a empresa tivesse se comprometido a oferecer servidores distintos para os pró-mudança e para os veteranos (com as regras antigas), a alteração não vinha agradando nenhum pouco.

O que forçou o estúdio a recuar. Dan Mitre, gestor de comunidades, anunciou via Twitter (com publicação no Reddit) que os desenvolvedores voltaram atrás. Ou seja, todas as mudanças foram desfeitas e os valores de TTK voltaram aos padrões originais.

Na mensagem, a DICE explicou que a intenção era tentar oferecer uma experiência mais agradável para os novos, mas ao mesmo tempo em que assegurava equilíbrio para os veteranos. Mas a realidade se mostrou em outras formas:

Claramente nós não entendemos direito. Jogadores veteranos não pediram a mudança, mas como desenvolvedores de jogos, assumimos a responsabilidade de fazer essas mudanças com base em dados extensos e deliberações. Verdadeiramente não foi uma decisão fácil para nós. – justifica a empresa.

A equipe, no entanto, reforça que as mudanças serviram como forma de aprendizado e que segue trabalhando duro para oferecer ajustes com base no feedback da comunidade e em seus dados estatísticos.

Battlefield V foi lançado no fim de outubro de 2018 e acabou chegando “meio cru” às prateleiras. Muitos dos recursos prometidos só serão entregues no decorrer dos próximos meses, o que acabou por frustar uma boa parcela de interessados.