A “morte” do single-player continua em debate, principalmente em um momento em que interações online entre jogadores estão sendo tão valorizadas na indústria. No entanto, a Take-Two, publisher de Red Dead Redemption 2, acredita que experiências “solo” ainda tem seu valor.

Strauss Zelnick, que é o CEO da empresa, não está exatamente preocupado com o crescimento da popularidade dos modos multiplayer. Em entrevista ao site VentureBeat, o executivo acredita que os dias dos jogos single-player não estão contados:

“Na minha opinião o single-player não está morto, nem perto disso. As empresas que sentem que vão evitar o trabalho duro de ter que construir uma história e personagens e apostar que vão ganhar mais dinheiro investindo em multiplayer; eu não acho que isso vá funcionar. Eu ficaria surpreso”.

Aos poucos, jogos de peso da indústria estão investindo mais em modos para vários jogadores, especialmente após a grande popularidade dos modos Battle Royale, que invadiram até mesmo Battlefield V. Recentemente, Call of Duty: Black Ops 4 simplesmente abriu mão do modo campanha em single-player e focará apenas em modos para vários jogadores.

Cory Barlog, o diretor de God of War, também comentou a atual polêmica de single x multiplayer. O desenvolvedor acredita que não tem por que haver uma competição: os dois modos podem “conviver” em harmonia no mercado.