Parece que a EA não está muito preocupada com todo alvorço das microtransações e loot boxes, que deram o que falar no ano passado.

O tema é recebido com polêmica por alguns jogadores, especialmente em games com sistema multiplayer online, criando as famosas situações “pagar para vencer”. As famigeradas loot boxes chegaram a ser consideradas ilegais e classificadas como “jogo de azar” em alguns países.

Apesar de algumas empresas terem tentado se distanciar desse tipo de abordagem, como a Capcom fez com Monster Hunter World, a EA Games quer continuar a oferecer serviços online e componentes opcionais em seus jogos para seus clientes, mesmo depois de toda a controvérsia gerada justamente em Star Wars: Battlefront II.

A declaração foi feita por Andrew Wilson, o CEO da EA, ao longo do relatório fiscal da empresa. Para Wilson, as microtransações vieram para ficar:

Acreditamos que serviços ao vivo incluem monetização digital opcional que, quando feita adequadamente, oferece um elemento importante de escolha que pode estender e ampliar a experiência em nossos jogos. Estamos empenhados em trabalhar continuamente com nossos jogadores para entregar a experiência correta em cada um de nossos games e serviços ao vivo.

Vale lembrar que, apesar das palavras e Wilson, a EA decidiu remover temporariamente as microtransações de Star Wars: Battlefront II devido à grande reação negativa do público com o serviço. Originalmente, os jogadores poderiam comprar loot boxes com itens decisivos para o gameplay com dinheiro de verdade.

O CEO da EA afirmou, no entanto, que as microtransações irão voltar nos próximos meses. O sistema deve ser modificado, mas ainda não se sabe como.

Wilson acredita que as reações sobre as microtransações não são um sinal para sua remoção completa, mas para que o serviço seja adequado:

Somos sortudos por termos jogadores tão apaixonados que irão nos dizer quando estamos fazendo a coisa certa e quando não estamos. Agora estamos trabalhando duro em atualizações que irão alcançar as necessidades dos nossos jogadores e esperamos trazer estas modificações para a comunidade de Battlefront II nos próximos meses.

Por que a EA estaria insistindo no sistema de microtransações e de loot boxes mesmo após toda a polêmica? De acordo com o relatório fiscal divulgado hoje (31) a empresa lucrou 787 milhões de dólares somente com esse tipo de serviço no último quarto de ano fiscal. Mesmo com todas as reclamações, a arrecadação da EA neste seguimento aumentou quase 40% no último ano.

O que você pensa sobre as microtransações e as lootboxes? É um consumidor deste tipo de serviço?