Já imaginou um jogo do famoso personagem de terror, Jack o Estripador, desenvolvido pela mesma companhia responsável pela aclamada franquia Dead Space? Pois isso era uma realidade para a Visceral Games, estúdio de desenvolvimento fechado pela Electronic Arts em 2017.

Em 2011, a Kotaku Autralia vazou um vídeo de um projeto denominado Blood Dust, multiplayer shooter. A Polygon (via PlayStation LifeStyle), agora, relata que o título era, na verdade, um derivado do jogo sobre Jack, o Estripador. A proposta original colocaria os jogadores no papel de um dos maiores assassinos na história, convicto que suas atrocidades estavam salvando Londres de um mal maior.

“De modo algum estávamos tentando desrespeitar as famílias que estiveram envolvidas com as histórias das vítimas, muito pelo contrário, somos muito respeitosos.” revelou um dos desenvolvedores anônimos. No entanto, a reportagem indica que a equipe estava apreensiva quanto ao tema.

Eventualmente, o título foi cancelado e a decisão não foi tomada por causa da controversa proposta, mas (pasmem) pela imposição da Electronic Arts em inserir um modo multijogador no game. Com isso, o estúdio entendeu que a “alma do jogo seria perdida” e isso resultou no cancelamento.

Foi nesse contexto que surgiu Blood Dust, uma tentativa de restaurar os conteúdos criados para o jogo de Jack, o Estripador, mas num contexto de multijogador e ação. O jogo nunca viu a luz do dia.