A eWorld Cup de FIFA 19, enfim, foi anunciada. A FIFA, maior entidade do futebol mundial, comunicou que o torneio acontecerá entre 2 e 4 de agosto na Inglaterra. Principal e último torneio do calendário do game, ele reunirá 32 jogadores de todo o mundo na O2 Arena, na cidade de Londres. O vencedor receberá US$ 250 mil.

A FIFA e a EA prometem um grande evento. Há até venda de ingressos para o último dia – com as duas semifinais e a decisão. Durante os três dias, haverá transmissões online das partidas, com drops de conteúdos especiais aleatoriamente para quem assistir via Twitch.

“Depois do grande sucesso do ano passado na O2, estamos animados demais por levar o campeonato de volta para uma arena tão icônica. Queremos criar um evento único para a comunidade de FIFA”, disse Christian Volk, diretor de eFootball e Gaming de FIFA.

Segundo o executivo, a ideia é fazer um evento melhor tanto para fãs quanto também para os jogadores. Por isso, além de mais completa, a eWorld Cup de FIFA 19 terá mais prêmios para os jogadores. São US$ 500 mil ao todo, e o vencedor, além dos US$ 250 mil, ganhará uma viagem para o prêmio The Best, que premia os melhores do mundo no futebol no ano.

Quem se classifica

A competição é disputada com base no ranking global de eventos da EA Sports. São duas categorias: PlayStation 4 e Xbox One. Os 16 primeiros de cada plataforma vão disputar o Mundial. Contudo, os rankings ainda não estão definidos.

Antes da eWorld Cup de FIFA 19, ainda há dois eventos que contam pontos para a tabela; um para cada console. Ambos na Alemanha, em julho. Entre 5 e 7 em Hamburgo (Xbox) e 12 a 14 em Berlim (PS4). Então, muita coisa ainda pode acontecer.

No PS4, há três brasileiros que, no momento, estão no Top 16: Tore, do Ajax, Zezinho, do Team Gullit, e Fifilza, do Wolves. No Xbox, são dois: Pedro Resende, do M10, e Ebinho, do Wolves. Por isso, resta torcer para eles nas próximas classificatórias.