O diretor responsável por jogos lendários como Ico, Shadow of Colossus e o recém The Last Guardian, Fumito Ueda, comentou sobre seu novo projeto misterioso em uma conferência da Nordic Game.

Quando questionado sobre a alternância entre suas produções de ambientes fechados e abertos, como ocorreu com Ico, o qual tratava-se de um título linear, Shadow of Colossus, um mundo aberto gigantesco, e The Last Guardian, ambientação mais restrita, Fumito explicou o porquê dessa variação e acrescentou sua preferência para o vindouro jogo.

Fumito Ueda comenta sobre o seu próximo projeto misterioso 1

Mundo aberto?

Sobre seu vindouro projeto, Fumito alegou uma possibilidade de interesse voltada ao mundo aberto novamente.

“Eu criei um mundo mais aberto em Shadow of Colossus porque Ico foi uma aventura localizada em um pequeno espaço, sendo que eu gastei 4 anos neste espaço fechado. Então eu quis explorar algo mais aberto.

Eu não posso falar detalhes sobre o meu próximo projeto, mas Shadow surgiu uma experiência com Ico, este que foi uma narrativa fechada. Então quando completei o Shadow of Colossus, houve um momento no qual eu me questionei sobre desejar voltar ao mundo aberto novamente ou talvez investir tempo em uma narrativa mais intimista em um espaço fechado. Foi então que surgiu o ponto inicial de The Last Guardian.

Agora que completei The Last Guardian e passei muitos anos sobre esse gênero, talvez eu queria retornar ao modelo de ambientação semelhante ao Shadow of Colossus.”

Durante a entrevista, Fumito Ueda ainda revelou que sua fonte de inspiração, muitas vezes, é a música. De acordo com o diretor, a música o ajuda a criar fantasias que serão construídas em seus jogos.

Ao que tudo indica, a nova produção de Fumito será uma ambientação mais aberta. O que será que a mente criativa deste homem está preparando? Deixe seu comentário!