O fim de uma era de sucesso chegou de forma drástica e tensa: Hideo Kojima, o diretor de franquias de sucesso, principalmente Metal Gear Solid, abandona oficialmente a empresa Konami, a qual trabalhou desde o ano de 1986. Desde o início da produção do último MGS, a relação entre o diretor e a empresa já estava desgastada devido a discordâncias na gestão e produção de jogos. Pouco tempo depois, Kojima anunciou a sua saída após o término de MGSV: The Phantom Pain e desde então, seu futuro é incerto.

Hideo Kojima

De acordo com o site da revista The New Yorker, o último dia de trabalho do diretor foi no dia 9 de outubro e que houve uma festinha de despedida, organizada pelos seus colegas de trabalho.

A confraternização foi bem divertida e cheia de emoções. Aparentemente, não compareceram na despedida do designer o presidente da Konami e o seu chefe operacional (Hideki Hayakawa e Sadaaki Keneyoshi, respectivamente). Apesar da ausência dos chefões, toda a equipe que trabalhou em Metal Gear Solid V esteve presente e colegas de outros estúdios.

Ainda segundo à revista, com o desligamento do designer/diretor da Konami, o estúdio Kojima Productions deixará de existir. Em meados deste ano, ainda era incerto a demissão de Hideo Kojima, mas ao que tudo indica, não há mais volta. O responsável por títulos memoráveis além de Metal Gear, como Zone of the Enders, Snatcher, ainda não se pronunciou acerca de seus planos futuros e cabe a nós, gamers, torcemos para que esse mito continue produzindo jogos que são verdadeiramente obras-primas.

E você, caro leitor, o que pensa sobre essa perca que a Konami sofreu? Quais são os seus jogos preferidos produzidos por Hideo Kojima? Deixe seu comentário.

Confira também: