Durante o The Game Awards 2017, o estúdio Campo Santo revelou um promissor título de aventura em primeira pessoa, In the Valley of Gods. No ano seguinte, a Valve, responsável por Counter-Strike e Dota 2, anunciou a compra do estúdio. E, agora, depois de um tempo sem notícias, sabemos que ele teve seu desenvolvimento parado.

O co-fundador da Campo Santo, Jake Rodkin, divulgou um comunicado ao Polygon. No recado, ele confirma o adiamento, explicando que a equipe de produção se dividiu em outras tarefas, como o desenvolvimento de Half-Life: Alyx, uma prequel de Half-Life 2 bastante interessante para VR.

Aos fãs ansiosos por In the Valley of Gods está claro que “2019” foi uma previsão otimista. Devs da Campo Santo se juntaram a outros projetos na Valve, incluindo Half-Life: Alyx. Se ouve muito sobre como na Valve você trabalha onde quiser. Isso é verdade e têm muitos trabalhos disponíveis. Conforme nos integramos na Valve ficou claro que havia muito trabalho valioso para ser feito em Half-Life: Alyx. Alguns de nós demos uma mãozinha e eventualmente nos concentramos totalmente no projeto. Outros ‘ex-Campos’ estão trabalhando em Dota Underlords. Então, respondendo sua pergunta de hoje, a produção de In the Valley of Gods está parada – mas certamente é um projeto que pode e irá retornar. Quando isso acontecer, os fãs saberão.

O trailer do título foi removido do YouTube. Além disso, devs retiraram qualquer menção ao jogo de seus perfis no Twitter. Para fechar, o site da Campo Santo também não cita mais o game. Ou seja, o jogo está em um hiato – adiado indefinidamente.

O que é In the Valley of Gods?

Em In the Valley of Gods, os jogadores estariam no papel de exploradores do Egito, cabendo a eles a possibilidade de desvendar catacumbas e descobrir tesouros. Pelo visto, os arqueólogos de plantão vão precisar esperar mais um pouco para fazerem isso.