A Activision trouxe uma série de novidades para Call of Duty: Modern Warfare nesta quinta (1). E uma delas mudará drasticamente o estilo de gameplay da franquia. O minimapa (radar) será um prêmio de killstreak, ou seja, não estará disponível desde o início do jogo.

Normalmente, em uma partida online de Call of Duty, o minimapa fica no canto superior e mostra a posição de seus aliados. Ao mesmo tempo, pontos vermelhos aparecem quando seus inimigos atiram, dando uma noção de onde eles possam estar. Uma mecânica essencial para descobrir onde as batalhas acontecem.

As coisas vão mudar em Modern Warfare. A tela não terá nenhum minimapa no começo das partidas. A única coisa que você conseguirá ver são os nomes de seus aliados e um símbolo que mostrará suas respectivas mortes. Agora, a única maneira de encontrar um inimigo, é pelo som. Aliás, o jogo terá um sistema de som aprimorado exatamente para isso.

Isso não quer dizer, no entanto, que os radares foram descartados de Modern Warfare. Para consegui-los, o jogador precisará entrar em uma Killstreak (sequência de baixas). Caso faça três kills seguidas, o radar será de uso exclusivo seu. Com quatro kills, todos no time terão o prêmio.

Ambos radares poderão ser destruídos pelo inimigo, então é bom ficar atento. Lançadores de foguete, por exemplo, destroem o apetrecho em um piscar de olhos. Armas leves também acabam com a brincadeira, embora dê mais trabalho.

Outra maneira de rastreamento também estará inclusa como prêmio de Killstreak. Trata-se do novo drone que será controlado pelo jogador e poderá marcar inimigos encontrados no mapa, avisando os aliados. O único revés é que ele durará apenas alguns segundos.

Call of Duty: Modern Warfare chega para PlayStation 4, Xbox One e PC. O jogo terá uma versão beta em setembro, contando com crossplay. O lançamento oficial se dá em 25 de outubro.