A Capcom segue celebrando grandes números de vendas com Monster Hunter World: Iceborne. A expansão chegou a 2,8 milhões de unidades vendidas. Os números foram divulgados no mais recente relatório financeiro.

As comercializações em outubro não foram incluídas na conta porque o trimestre fiscal finalizou no dia 30 de setembro. Portanto, considerando que Iceborne chegou às prateleiras no dia 6 daquele mês, os números realmente impressionam.

Na primeira semana pós-lançamento, haviam sido computados 2,5 milhões de cópias vendidas. Os dados devem aumentar mais em janeiro, período para o qual o DLC será lançado no PC.

Contando apenas o jogo-base, cerca de 14 milhões de cópias já foram comercializadas no globo. Estes números foram informados há algumas semanas pela própria Capcom.

A crítica se derreteu pelo game. A menor nota computada foi 80 de 100. Três veículos deram a pontuação máxima. A quantidade de novos conteúdos, mais monstros para se caçar, áreas para se explorar e melhorias substanciais em algumas mecânicas pesaram nas avaliações.

Iceborne e Horizon Zero Dawn juntos futuramente

Capcom anunciou uma colaboração um tanto inusitada. Na atualização de novembro de Iceborne, será possível criar o Fuzilarco Leve de Aloy, protagonista de Horizon Zero Dawn. Já no update de dezembro, será possível criar a Tecelã-Escudeira, um dos melhores trajes do jogo exclusivo de PlayStation 4.

Também não poderia faltar um pequeno marketing com outro jogo da empresa japonesa: em novembro, ícones de Leon, Claire e Tyrant (Resident Evil 2) serão inclusos no título.

Monster Hunter World: Iceborne está disponível para PS4, Xbox One e PC.