A Paramount Pictures precisou abrir os cofres para refazer o design de Sonic. O processo de remodelagem do ouriço custou US$ 35 milhões (cerca de R$ 146 milhões na cotação atual, sem taxas e/ou impostos). Apesar do preço elevado, o esforço parece ter valido a pena.

As reações positivas dos fãs foram vistas com bons olhos, especialmente porque isto mostrou o bom trabalho da equipe de produção. O filme sofreu duras críticas por causa do primeiro design de Sonic.

O orçamento inicial atribuído aos efeitos especiais do longa foi superado, por causa do gasto imprevisto. Somente para o novo trailer, a Paramount investiu US$ 2,15 milhões (pouco mais de R$ 9 mi na cotação atual, sem taxas e/ou impostos).

Resta saber agora, se haverá retorno financeiro nas salas de cinema. Caso não tenha assistido ao trailer, veja-o abaixo:

Criador de Sonic não está tão satisfeito com redesign

Apesar dos esforços da Paramount, o criador de Sonic, Yuji Naka, criticou o “esquecimento completo” da versão antiga do ouriço azul. Na repaginação, o personagem não tem um só traço do velho trabalho, o que não deixou o japonês satisfeito. Ele usou o Twitter para comentar o assunto.

O novo design do filme está no ar. No entanto, eles fizeram parecer que o antigo design jamais existiu, já que a conta oficial do filme deletou todos tweets antigos. Gostaria de ver uma versão especial em DVD com o antigo design.

O longa está marcado para o dia 14 de fevereiro de 2020. O filme terá em seu elenco: Ben Schwartz como Sonic, Jim Carrey como Dr. Robotnik e James Marsden.