Jade Raymond, ex-líder da Ubisoft Toronto e produtora da franquia Assassin’s Creed, revelou que antes de sua saída da companhia, em 2014, seu estúdio estava produzindo conceitos iniciais de um novo Splinter Cell.

Em uma entrevista ao GameReactor (via PlayStation LifeSytle) durante o Festival Fun & Serious 2018, onde foi homenageada pelo Pioneer Award, a ex-funcionária do estúdio francês comentou os elementos iniciais do projeto quando estava na companhia.

O último Splinter Cell foi o que produzimos, Blacklist… Mas você sabe? Houve um período que nós começamos a trabalhar no desenho de um novo, mas desde que sai da Ubisoft eu não posso falar sobre isso e não sei quem deseja compartilhar esses conceitos.

Jade Raymond – Ex-funcionária da Ubi

O diretor criativo da franquia, Serge Hascoet, foi o último a comentar sobre a perspectiva de um futuro Splinter Cell. Em entrevista ao Game Informer, o diretor revelou que “buscava por recursos” a fim de concretizar a continuidade.

Eu amo Splinter Cell assim como amo Prince of Persia. Eu não posso divulgar informações neste momento, mas posso dizer que estamos lutando por recursos. Não é uma questão de vontade, mas envolvem outras questões.

Serge Hascoet

Por enquanto, o retorno do agente Sam Fisher ainda permanece sob suspeitas. Há rumores, mas os franceses não arredam o pé das declarações vazias. Quem sabe em 2019 não teremos novidades?