O PlayStation 4 fechou o ano de 2018 com 94 milhões de unidades vendidas (desde o lançamento, em 2013). Foram 8,1 milhões somente nesse último trimestre (ou terceiro trimestre do ano fiscal). Ou seja, exatamente cinco após o seu lançamento, o console segue como um sucesso absoluto de vendas na geração.

Os números representam os consoles enviados para lojas, não necessariamente os que chegaram aos consumidores finais, mas são impressionantes mesmo assim. É claro, há um declínio em relação ao ano passado, com 900 mil unidades vendidas a menos, mas isso é natural, visto o ciclo de vida do console e o quanto ele já é popular.

E não são somente essas as estatísticas importantes divulgadas pela Sony no balanço financeiro referente a outubro, novembro e dezembro do ano passado. A empresa teve vendas absurdas de software: 87,2 milhões de cópias no período, com um crescimento de 700 mil em relação ao ano anterior.

O crescimento da mídia digital também impressiona: de 28% para 37%.  E, por falar nisso, a PlayStation Plus foi outra que cresceu: são 36,3 milhões de assinantes, um aumento de 2,1 milhões sobre o último ano. No geral, a empresa faturou 10% a mais que no ano passado, mas lucrou 14% menos pelo menor número de PS4s vendidos.

Ao que tudo indica, esse foi o último ano fiscal extremamente positivo para o querido PlayStation 4. “Dono da geração”, ele completou 5 anos e já vendeu tanto que não parece ter muito para onde crescer. Especialmente porque há uma expectativa bem grande em torno do anúncio do seu sucessor.

Mesmo assim, com tantos grandes lançamentos já confirmados em 2019 e algumas surpresas ainda por vir, não é difícil imaginar que a Sony consiga comercializar mais alguns milhões de consoles nesse ano. Vamos torcer para superar os 100 milhões?