Red Dead Redemption 2 promete trazer um grande nível de detalhes e um mundo vivo. Nos últimos dias a Rockstar vem detalhando alguns desses aspectos do jogo, como as diferentes cidades e a vida selvagem.

Além disso, o game também deve trazer uma história cheia de interações com este vasto mundo. O diretor de arte da Rockstar, Josh Bass, contou à PlayStation Magazine que os desenvolvedores buscaram tornar as decisões que os jogadores devem tomar o menos óbvias do que eram no primeiro game da série. O segredo foi adicionar centenas de escolhas que o jogador pode tomar, ampliando as possibilidades da história.

“Enquanto temos uma história abrangente, o jogo é recheado de escolhas para Arthur fazer que permitem que você decida que tipo de fora da lei ele é – se é um homem honrado ou não fica a seu critério. O mundo irá responder a essas escolhas com consequências grandes e pequenas, e quando os jogadores começarem a compartilhar suas experiências, vão começar a perceber como forma diferentes, dependendo de centenas de decisões que tomaram ao longo do jogo.

A forma como Bass explica o desenrolar da história de Red Dead Redemption 2 dá a entender que o jogo pode ser bastante interativo e com uma história bastante expandida. Não tornar as consequências tão clara torna as decisões ainda mais difíceis, o que pode garantir tramas muito variadas e, quem sabe, vários finais também.

Red Dead Redemption 2 chega em 26 de outubro.