Ao contrário do que acabou sendo divulgado nesta segunda-feira (10), Resident Evil 2 NÃO vai contar com microtransações – não da forma como geralmente o termo é associado. A informação acabou sendo difundida depois que a ESRB, o órgão de classificação norte-americano divulgou a descrição do game.

Segundo o ESRB, Resident Evil 2 contará com “compras dentro do jogo”, o que não necessariamente inclui microtransações. A Capcom Brasil nos esclareceu que o game apenas “permite acessar a loja digital da plataforma para adquirir conteúdo extra. Não há microtransacões em Resident Evil 2”.

Ainda não há informações oficiais qual seria este “conteúdo extra”, mas é provável que haja a possibilidade da compra avulsa de itens exclusivos da edição Deluxe do game, como skins para Leon e Claire.

Devil May Cry 5, no entanto, contará com microtransações para acelerar a evolução dos personagens. O game terá um sistema de compra de orbs com dinheiro real, permitindo a troca por habilidades para Nero, Dante e V.

Para maiores de idade

Sobre a classificação indicativa, Resident Evil 2 recebeu o “M”, para maiores de 17 anos. A descrição aponta que os jogadores irão usar armas como pistolas, espingardas, armas de choque, explosivos e lança-chamas para matar criaturas mutantes e zumbis. O combate traz tiroteio realista, gritos de dor e grandes efeitos de respingos de sangue. Cenas de corte trazem violência extrema: personagens têm a garganta cortada pelos dentes de um mutante; o corpo de um homem é cortado ao meio, deixando suas entranhas expostas; a cabeça de um homem é esmagada pelas mãos de um zumbi.

Resident Evil 2 será lançado em 25 de janeiro de 2019. Você pode conferir as últimas novidades sobre o game em nossa prévia especial clicando aqui.