O inferno astral da Blizzard parece que esta longe de terminar. A empresa foi alvo de críticas devido a sua apresentação bastante controversa na BlizzCon 2018, reações negativa e furiosas sobre Diablo Immortal, e a falta de notícias sobre Diablo IV.

Recentemente, alguns rumores surgiram, dando a entender que o próximo jogo da franquia não deve chegar antes de 2020. Além disso, fontes dizem que uma versão de Diablo IV já estaria em desenvolvimento, mas teria sido cancelada por volta de 2016. E que uma nova versão, mais sombria, estaria em desenvolvimento.

Como sempre, se tratam de rumores, e devem ser tratados com cautela. Confira abaixo.

Fracasso de Diablo III e reboot no desenvolvimento

Jason Schreier, repórter do Kotaku, conversou com algumas fontes ligadas à Blizzard, que resolveram permanecer no anonimato. De acordo com uma matéria publicada no site, muitos problemas abalaram as bases da equipe de desenvolvimento. Para a Blizzard, Diablo III foi considerado um “fracasso”.

Citando os problemas no lançamento, a desenvolvedora decidiu não dar continuidade ao suporte ao jogo. Com isso, mesmo que a expansão Reaper of Souls tenha sido um sucesso, e o jogo tenha melhorado substancialmente, uma suposta segunda expansão foi cancelada.

Com isso, a equipe foi remanejada, e aqueles que permaneceram começaram a trabalhar em uma versão de Diablo IV. Esta versão seria inspirada na série Souls, com uma mudança de câmera, e muito mais sombrio. A ideia seria apagar tudo o que fosse cartunesco em Diablo III, tendo como lema neste novo jogo “abrace a escuridão”.

No entanto, por volta de 2016, esta versão inicial teria sido cancelada, sem motivo aparente. O responsável pelo desenvolvimento saiu da Blizzard, e a equipe começou a trabalhar em outro projeto, enquanto desenvolvia Rise of the Necromancer.

Project Fenris – Um novo Diablo?

Este novo projeto, de codinome Fenris, já estaria em produção desde 2016, e deve chegar às lojas somente em 2020, ou depois. Conforme relatos, a equipe estaria otimista com este novo jogo. A câmera voltaria a ser isométrica, e a ambientação continuaria a ser mais sombria, nos moldes de Diablo II.

Rumores confirmam também que um anúncio seria liberado para ainda este ano, e uma possível demo jogável lançada. No entanto, o desenvolvimento não teria avançado o suficiente. A empresa estaria estudando os aspectos da criação de fases, eventos e a parte social. Também estaria em foco a monetização sobre o novo título.

Um dos grandes entraves seria a pressão sofrida pela Team 3, pelos recentes cancelamentos da desenvolvedora. Dentre eles, o projeto Titan, que evoluiu para Overwatch, e já citada segunda expansão de Diablo III. Muita coisa pode mudar até o lançamento, dizem as fontes.