No mundo das adaptações de games para as telinhas, temos a confirmação de que uma série de TV inspirada em Street Fighter está em produção. E o desenvolvimento tem o total apoio da Capcom, a dona da franquia nos games.

De acordo com o Deadline Hollywood, a produção e distribuição é de responsabilidade da Entertainment One. O grupo assinou uma parceria com o time de Street Fighter: Assassin’s Fist, uma conhecida série de 2014. E eles vão produzir e entregar uma experiência ainda mais completa para os fãs. Só que no formato live-action para a TV.

A nova série de Street Fighter

O projeto ainda tem bem poucas informações. Mas já é de conhecimento público que a história será baseada em Street Fighter 2: The World Warrior. O game foi originalmente lançado em 1991 e foi um sucesso estrondoso nos arcades, sendo mais tarde adaptado aos consoles da época.

Personagens do icônico título estão mais que garantidos na trama. Entre eles Ryu, Ken, Guile, Chun-Li e M. Bison. Não se sabe exatamente que direcionamento a história terá. Mas, se seguir o jogo, a ideia é ir levando um personagem de destaque para enfrentar os guerreiros mais fortes de cada país. E, no final, se tornar o grande lutador mundial.

O projeto terá o envolvimento direto de Mark Gordon, presidente da Entertainment One. E algumas das produções mais valiosas no seu currículo como cineasta e produtor de obras cinematográficas estão “O Resgate do Soldado Ryan” e “Velocidade Máxima“. Atualmente, a companhia comanda as produções de “Grey’s Anatomy” e “Quantico“.

Aprovação de Yoshinori Ono

Há quem já possa ficar desconfiado da qualidade da adaptação de Street Fighter para a TV. Mas parece que Yoshinori Ono, conhecido produtor da franquia, não tem a menor dúvida de que a parceria da Capcom com a Entertainment One resultará em bons frutos.

Depois de uma busca demorada, guiada pelo time de Assassin’s Fist, estamos bem encantados em fechar a parceria com uma companhia com tanta experiência em TV. Eles têm as credenciais para nos ajudar a lançar uma adaptação confiável de Street Fighter como uma grande série de TV“, disse Ono.

Será que vai dar certo, galera?