Shawn Layden, um dos grandes representantes da Sony Interactive Entertainment, revelou que a empresa não está interessada em aderir à onda dos battle royale e está comprometida com aquilo que faz com qualidade.

Em uma entrevista ao CNET (via Eurogamer), Layden comentou que já existem várias propostas battle royale no mercado e esse não é o público que a Sony deseja alcançar com seus exclusivos. De acordo com ele, a empresa busca promover títulos que criam uma identidade única entre os jogadores.

Não quero entrar nisso também, penso que o mundo possui todo batte royale que precisa atualmente. Acredito que fizemos muito ao longo dos três ou quatro anos para chegarmos onde estamos hoje. Construímos menos jogos do que antes, mas gastamos mais tempo, mais energia e mais dinheiro.

Estamos cumprindo todos os requisitos, até então, e recebemos aclamação crítica e comercial. Vamos ver agora o que poderemos adicionar no nosso arsenal de jogos. Olhei para algumas oportunidades no passado e é uma oportunidade para ver os quais são a melhor combinação cultural.

A comunidade do PlayStation aguarda ansiosamente pelos exclusivos que ainda não possuem data de lançamento programada. Como Death Stranding, Ghost of Tshushima e The Last of Us Part 2, os jogos são propostas únicas que criam um elo com os jogadores a partir da história, personagens e até mesmo universo construído.